Direto de Araxá: como fazer uma torta de banana com doce de leite

Voltaremos a publicar receitas deliciosas do Guia Sabores de Minas, que há mais de 10 anos revelou mestres e mestras da cozinha mineira e suas melhores criações.

23/03/2017 11:11
Beto Magalhães/EM
(foto: Beto Magalhães/EM)
Nasci ali, atrás daquele morro”, conta Mercedes Gonçalves de Paiva, ou tia Mercedes, como prefere ser chamada, enquanto aponta para a imensidão verde à sua frente. A simpática anfitriã administra o Restaurante Horizonte Perdido, a 30 quilômetros do Centro de Araxá, que, pelo nome sugestivo, dispensa maiores descrições. Tia Mercedes já viajou pelo mundo, mas garante que não há lugar melhor do que o Brasil. “Principalmente a nossa culinária”, fala orgulhosa a dona da receita de doce de leite mais famosa da cidade.
 
Beto Magalhães/EM
(foto: Beto Magalhães/EM)
O segredo para o sucesso está nos ingredientes, todos vindos de sua fazenda, e o preparo em pequenas quantidades. “Se fizer muito, ele talha. Faço um tacho pequeno de cada vez.” O doce de cor escura, graças ao bicarbonato de sódio, é o principal ingrediente de sua torta de banana, outra delícia. “É uma receita da minha mãe. Há quem venha aqui só para experimentar”. Solteira e sem filhos, tia Mercedes se orgulha dos 72 anos bem vividos e de cada pedacinho do seu horizonte perdido, que, além de ser referência da culinária local, é palco perfeito para a prática do vôo livre. “Trato todos como filhos”, fala, referindo-se carinhosamente às centenas de “voadores” que freqüentam o lugar. Tratamento igual é dado às siriemas que rodeiam o restaurante. Elas oferecem uma verdadeira sinfonia no cair da tarde. Ao despedir-se, ela certifica-se de ter cativado os visitantes com sua torta servida quentinha. Não se preocupe, tia Mercedes. Todos saem cativados, sim: pelo estômago e pelo coração.

Como fazer torta de banana da tia Mercedes

Para o doce de leite
• 5 litros de leite
• 1 kg e 200 g de açúcar cristal
• 1 colher (sopa, não muito cheia) de bicarbonato

Para a torta
• 800 g de doce de leite
• 1 xícara (chá) de leite
• 3 dúzias de banana-prata madura
• 50 g de canela em pó
• 300 g de queijo-de-minas curado, ralado
• 5 claras
• 3 colheres de sopa de açúcar 
• Suco de meio limão


O doce
Pôr os ingredientes em uma panela, em fogo alto, e misturar até o açúcar derreter. Deixar a mistura ferver até subir. Desligar o fogo. Colocar um prato de sobremesa limpo mergulhado dentro da panela e ligar o fogo novamente, desta vez no mínimo. O prato impedirá que o doce derrame nas próximas duas horas em que ficará no fogo sem ser mexido. Quando o doce escurecer, retirar o prato e misturar até dar o ponto, obtido quando aparece o fundo da panela. Rende quatro potes de 600 g cada.

A torta
Cortar as bananas em tiras e frita-las em óleo quente. Reservar. Pôr o doce em uma panela e amolecê-lo com o leite. Para o suspiro, bater as claras em neve com uma pitada de sal. Acrescentar o açúcar e o limão e bater até ficar consistente. Reservar. Iniciar a montagem da torta espalhando, em uma travessa que possa ir ao forno, uma camada de doce de leite, seguida por uma de queijo com canela e uma de banana. Repetir o processo e finalizar com uma camada de doce leite, queijo e o suspiro. Levar em forno baixo e deixar o tempo necessário para corar o suspiro. Servir quente.

Receita fornecida por Mercedes Gonçalves de Paiva,
de Araxá: (34) 3662-1948

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA