Servida em esquilo empalhado, cerveja mais forte do mundo agita internet

Bebida de 55% de teor alcoólico é produzia pela cervejaria escocesa BrewDog. Desce bem pra você?

por Cecília Emiliana 25/11/2016 20:09

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

BrewDog/Divulgação
(foto: BrewDog/Divulgação)

A marca escocesa de cerveja artesanal BrewDog promete testar o estômago até dos apreciadores mais fervorosos da bebida. Sua mais nova empreitada é lançar no mercado uma versão da 'loira gelada' com 55% de teor alcóolico (as tradicionais tem em torno de 5%).

Como se não bastasse, a novidade é envolvida num invólucro bizarro, feito de esquilo empalhado.

A empresa está levantando fundos para o lançamento da cerveja, batizada de The end of the story (O fim da história). Quem curte a ideia tem a chance de contribuir para o sucesso do projeto, submetido a um crowdfunding. Basta tirar do bolso a módica quantia de U$ 20 mil. Valor salgado mesmo para uma 'breja' tão peculiar? Sem dúvida. E é por isso que ele não paga apenas a produção da bebida, do tipo Belgian-style . Vale também ações da BrewDog, que elaborou a campanha para abrir uma nova cervejaria na cidade americana de Columbus, Ohio.    


Segundo os fundadores da companhia, a notícia deixou bebedores de gosto exótico salivando. Animados com a possibilidade de aquisição de uma cerveja ultra-rara, que chegou a ter uma versão comercializada em 2010 com apenas 12 exemplares liberados, eles têm feito da arrecadação um sucesso. Juntos, tiraram do bolso mais de U$ 80 milhões.  

Ambientalistas, ao contrário, já estão de paladar azedo com o lançamento do produto. Defensores dos animais organizaram um abaixo-assinado para tentar fazer com que os rótulos da empresa pecam o selo vegano, fornecido pela Vegan Society. A iniciativa virtual tem cerca de 30 mil assinaturas.

Mas os donos do negócio não parecem muito preocupados com isso. Mesmo porque, alegam que não matam bichos para confecção das embalagens. Usam apenas aqueles que encontram mortos, atropelados em rodovias. "Eu sou completamente apaixonado pela beleza perturbadora da taxidermia (processo de empalhamento de animais mortos). Logo, embalar a nossa peça mais evocativa de maneira tão surpreendente faz todo o sentido pra mim", disse James, Watt, co-fundador da BrewDog, em entrevista à publicação americana Time.

Nas redes sociais, o lançamento da cerveja exoticamente embalada gerou burburinho de teor 100% polêmico, com muitas notas de revolta e humor.  Veja só.





VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA