Restaurante na Indonésia serve comida em vasos sanitários para estimular higiene dos clientes

Para os que têm objeções a pratos como a sopa de almôndegas servida em um 'prato-privada', o Jamban coloca a disposição sacos de vômito

por AFP 20/07/2016 15:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

O Jamban Café, um restaurante da cidade indonésia de Semarang, serve a comida em pratos em forma de vasos sanitários, uma iniciativa incomum para educar seus clientes em questões de higiene. O pequeno restaurante desta cidade de mais de um milhão de habitantes, situada na costa norte de Java, abriu suas portas em abril.

AFP / SURYO WIBOWO
(foto: AFP / SURYO WIBOWO )
Para os clientes que têm objeções a uma sopa com almôndegas servida em um "prato-privada", o Jamban coloca a disposição sacos de vômito. "A princípio senti nojo, mas no fim comi uma parte da comida por curiosidade", explica Mukodas, um homem de 27 anos que pediu uma sopa.

Outra cliente, Annisa Dhea, de 15 anos, também sentiu repulsa, mas depois se tranquilizou quando o proprietário explicou que a comida era "saudável e higiênica".

Existem no mundo outros restaurantes parecidos, como em Taiwan e Rússia, mas o Jamban Café se distingue dos demais porque tenta ensinar seus clientes os benefícios da higiene pública e a necessidade de utilizar os banheiros neste país do sudeste asiático.

O proprietário, Budi Laksono, que havia trabalhado para as autoridades locais como especialista em saúde, conversa com seus clientes e mostra com seu computador portátil vídeos para convencê-los do uso regular dos vasos sanitários.

Milhares de indonésios vivem abaixo da linha da pobreza em um arquipélago que tem um dos índices de defecação ao ar livre mais altos do mundo, uma prática que contribui para a transmissão de doenças.

"Este café nos lembra que muitas pessoas na Indonésia continuam sem ter banheiros", afirma Laksomo, de 52 anos. O proprietário reconhece, no entanto, que sua iniciativa incomum gerou uma grande polêmica no país muçulmano mais populoso do mundo. "Muitos opositores dizem que o café é inapropriado e contrário à lei islâmica", lamenta.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA