Bela Gil estreia canal do YouTube

Apresentadora tem a promessa de se comunicar diretamente com seu público e a intenção de ampliá-lo para além da TV a cabo

por Fernanda Machado 26/02/2016 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
CONSPIRAÇÃO FILMES/DIVULGAÇÃO
(foto: CONSPIRAÇÃO FILMES/DIVULGAÇÃO)
A receita que aparece na página inicial do site da nutricionista Bela Gil nesta semana pode surpreender os críticos mais ferrenhos da caçula de Gilberto Gil: nada menos do que um petit gãteau. A foto do prato, com uma calda de chocolate bem apetitosa, prova que a moça, ao contrário do que muitos pensam, não tem uma alimentação tão restrita nem se priva dos pequenos prazeres culinários.


Essa maneira saudável (mas não militar) de viver é o que Bela pretende mostrar em sua nova empreitada na carreira de apresentadora. Ela acaba de lançar o Canal da Bela no YouTube, que trará dois pequenos vídeos semanais, divulgados sempre às quartas e sextas-feiras, às 20h, com temas que vão desde a já esperada culinária natural, até questões de saúde, comportamento, meio ambiente e cuidados domésticos.

O primeiro vídeo, lançado anteontem, tem aproximadamente três minutos e apresenta o quadro Beabá da Bela. Com seu jeitinho simpático e didático, a chef fala sobre as propriedades da pouco conhecida alfarroba, um bom substituto para o cacau e seus derivados. Ou seja, para o chocolate. Para fechar, ela ensina a receita de um bolo de alfarroba com calda de leite de coco e castanha. Ingredientes pouco convencionais como melado, ágar-ágar e manteiga de castanha-de-caju estão lá.
Mas ao contrário do Bela cozinha, programa exibido pelo canal GNT, o modo de preparo lembra mais os populares vídeos curtos de receitas que têm pipocado pela internet em canais como Tastemade Brasil ou BuzzFeed Foods.

LEVEZA

 

Para Bela, a ideia de produzir conteúdo para a internet vem da vontade de estar mais perto de seus seguidores. “É um ambiente mais leve, uma coisa mais pessoal, mais caseira. E acho que o contato com o público é mais direto e informal. O objetivo é estreitar essa relação, responder a perguntas de forma mais objetiva e atingir mais gente”, explica a nutricionista, lembrando que seu programa, apesar do sucesso, é transmitido em um canal pago.

“Hoje em dia, acho que é mais provável que a pessoa tenha acesso à internet do que à TV a cabo. E ainda vou poder falar com quem não mora no Brasil”, comemora. Apesar de acreditar que o Canal da Bela será mais informal, o conteúdo continua sendo produzido pela Conspiração, produtora que assina seu programa no GNT.

A liberdade da internet também pode servir para que Bela se comunique mais com pessoas que tendem a respeitar seu trabalho do que com internautas raivosos que insistem em ridicularizar alguns hábitos da moça. “O YouTube tem essa fama de ser mais caseiro, de ter vídeos de pessoas que não necessariamente são especialistas ou profissionais, mas que têm propriedade para falar sobre determinado assunto porque vivem aquilo. Vou compartilhar ali o que acredito”, afirma.

Até agora, a recepção tem sido positiva. A maioria dos comentários do primeiro vídeo são elogios. E, como prometido, Bela já começou a responder a algumas dúvidas. Além do já citado Beabá da Bela, um dos quadros pelo qual a baiana nutre animadas expectativas para o canal é o Bela responde. A ideia é pinçar dúvidas de seguidores das redes sociais da cozinheira e produzir vídeos respondendo aos questionamentos.

“Não tenho muito o hábito de responder a perguntas no Instagram, por exemplo, porque são milhares de comentários. Mas leio todos”, conta. Grávida de cinco meses, Bela planeja também vídeos sobre maternidade. “Vou fazer sobre gravidez, amamentação, alimentação infantil, lancheira, marmita.... Acho muito importante falar sobre esse mundo de mãe.”

Quanto aos prováveis memes que possam surgir a partir do novo conteúdo, a chef não se preocupa. “Se uma pessoa conhecer o inhame porque viu um meme meu falando que podemos substituir qualquer coisa por inhame, já estou no lucro”, diz.

Assista ao primeiro vídeo do Canal da Bela:

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA