Cruzeiro gourmet oferece passeio recheado de experiências culinárias

Com participação de chefs destaque no cenário gastronômico nacional, passeio oferece boa mesa e aprendizado aos viajantes

por Laura Valente 17/01/2016 09:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pela primeira vez no Brasil, navio Rhapsody oferece boa mesa e aprendizado aos viajantes


Os que embarcam no cruzeiro temático gourmet promovido pela Royal Caribbean a bordo do Rhapsody os the Seas, transatlântico que pela primeira vez desliza em águas brasileiras, terão uma rica experiência gastronômica. Com partida do porto de Santos (SP) agendada para o próximo 24 de janeiro, a viagem de sete noites, que tem com destinos Punta Del Este e Montevidéu, no Uruguai, e Buenos Aires, na Argentina, contará com intensa programação culinária desenvolvida por renomados chefs que atuam em diversos estados brasileiros.

Sob a coordenação da chef Mônica Rangel, fundadora do Movimento Brasil à mesa, proprietária do Gosto com Gosto (em Visconde de Mauá – RJ) e especialista na difusão de ingredientes nacionais, o vasto “menu” prevê workshops, aulas show de culinária com degustação dos pratos preparados, refeições temáticas, atividades gastronômicas para a família toda, além de um jantar elaborado especialmente pelos chefs convidados servido no restaurante principal do navio para todos os hóspedes. “Tive a ideia de propor um cruzeiro temático há cerca de três anos e, desde então, a proposta tem sido um sucesso. Para esta edição convidamos nomes importantes do cenário gastronômico nacional, profissionais referência em seus estados, a exemplo do Ivan Achar (proprietário do Alma, em Perdizes, SP), um cara com conhecimento grande de culinária nacional, entre outros”, cita Mônica. Ela também propõe atividades para crianças durante o cruzeiro, já que, de uns tempos para cá, o assunto transformou-se em opção de entretenimento para todas as gerações. “Os programas de TV aberta e fechada são exemplos de como as pessoas estão interessadas e encantadas por gastronomia, o que aumenta o apetite por conhecimento de novas técnicas, ingredientes, receitas”, justifica.

Nesse sentido, proposta que torna a experiência ainda mais interessante vem da seleção dos chefs convidados, especialistas em diferentes linguagens culinárias. Ivan Achcar, por exemplo, gosta de apresentar aos clientes do restaurante que comanda sabores tidos como esquecidos como bolinho de lambari, quibe cru de buri com espuma de coalhada, arroz com cabrito e mexilhões, além de sobremesas que remetem ao interior, tipo doce de abóbora com coco, pé de moleque ou bolo de laranja com chantili de flor de laranjeira. Alemão radicado em Santa Catarina e entusiasta da mistura de sabores do país de origem aos ingredientes brasileiros, Heiko Grabolle, já veterno nos cruzeiros temáticos propostos por Mônica, planeja ensinar em aula show a receita de peito de frango crocante, queijo coalho, molho de cogumelo e spatzle caseiro (massa muito apreciada no Sul da Alemanha).

Regionalismos X novidades


A apresentação de técnicas mais sofisticadas e modernas também fazem parte da programação. Tanto que uma das chefs convidadas é Angélica Vitali, especialista em gastronomia molecular. Com formação tradicional em SP e especializada pelo Cooking Lab (laboratório de gastronomia molecular do Instituto de Agronomia de Lisboa, em Portugal), tem bufê próprio e atua como consultora e personal chef, abusando de ingredientes e técnicas típicas do segmento como ágar-ágar, alginato e liofilizados, além de trufas, espumas e sous vide (quando os alimentos são selados a vácuo e cozidos lentamente). No navio, ela apresente o salmão e camarão com picles de chuchu (veja receita na página).

Em linha totalmente diferente, César Santos, nome à frente do Oficina do Sabor (em Olinda, PE), cozinha a partir de forte influência regional, e é conhecido como embaixador da culinária do agreste e do sertão pernambucano, investindo em receitas que denomina afetivas. Com 24 anos de mercado, o cabra da cozinha de raiz aposta em jerimum, queijo coalho, carne de sol, miúdos de galinha, charque, castanhas, frutas frescas e frutos do mar, entre outros.

Outro que participa pela primeira vez da viagem é Auricélio Romão, chef conhecido por quem já visitou a paradisíaca Fernando de Noronha (PE). Natalense radicado na ilha há 13 anos, ele comanda dois restaurantes lá, – Varanda e Cacimba Bistrô –, sendo o primeiro integrante da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança.

Prestes a embarcar em mais uma viagem que promete ser sucesso de público (a capacidade do navio é para 2,4 mil hóspedes), Mônica destaca alguns pratos do menu, como o risoto de vatapá, o carole crema (bolo de coco gelado com compota de frutas) o crepe gratinado de alcachofra. E avisa: “A procura pelo cruzeiro temático gourmet é enorme, só perde para o de réveillon”, garante.

Royal Caribbean/Divulgação
Salmão e camarão com picles de chuchu (foto: Royal Caribbean/Divulgação)


Salmão e camarão com picles de chuchu

Ingredientes


Para quatro porções: 800g de salmão (lombo), 500g de camarão rosa M, 200g de mini chuchu, 100ml de vinagre de vinho branco, 100ml de água, 5g de pimenta rosa, 3g de pimenta do reino, 3g de mostarda em grãos, 1 folha de louro, 15g
de sal, 30g de açúcar, mini brotos, azeite, flor de sal.

Modo de fazer

Corte o chuchu em fatias de 2mm e reserve. Em uma panela, leve o vinagre, a água, as pimentas, a mostarda em grão, a folha de louro, o sal e o açúcar para o fogo até ferver. Após a fervura, adicione o chuchu em fatias, coloque em uma bolsa para vácuo, embale a vácuo ainda quente e deixe na geladeira até a hora de usar. Corte o lombo do salmão em pedaços de proximadamente15x4cm, sele em os quatro lados em azeite e reserve. Abra os camarões em borboleta e sele rapidamente.
Corte em fatias grossas.

Montagem:
coloque o salmão no centro do prato, os pedações de camarão sobre ele, alguns pedaços do picles de mini chuchu e finalize com brotos e flor de sal.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA