República Tcheca tem o maior consumo per capita de cerveja no mundo

País também é o inventor do estilo Pilsen, o preferido dos brasileiros

por Rodrigo Ferraz 04/10/2015 10:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação/Embaixada da República Tcheca em Brasília
Imagens do festival de gastronômico da cultura tcheca em Belo Horizonte (foto: Divulgação/Embaixada da República Tcheca em Brasília)

Em setembro, BH foi sede do festival gastronômico da cultura tcheca. O evento marcou a inauguração oficial do consulado honorário da República Tcheca na cidade. Para quem não sabe, esse país possui o maior consumo per capita de cerveja do mundo, bem à frente dos EUA e da Alemanha. Cerca de mais de 160 litros são consumidos por ano lá! Para os apaixonados pela bebida, Praga é um destino certo na Europa.

É claro que alguns estilos que ganharam fama no mundo surgiram no país em que se consome muita cerveja. A Pilsen, por exemplo, queridinha do brasileiro, é uma invenção tcheca. Ela surgiu em 1842 na cidade de Plze? (por isso o nome). Foi por conta delas que muitas cervejas passaram a ter o apelido de “loura”. Afinal, o estilo tem coloração dourada e transparente, sempre com espuma opaca e branca. A precursora é a tcheca Pilsner Urquell. Quem experimenta uma Pilsen, indiretamente saboreia também um pouquinho da Urquell.

Os tchecos têm alguns rituais para beber a cerveja, que são bem peculiares do país. O primeiro é que se evita beber estupidamente gelada. Eles preferem degustá-la com uma temperatura entre 5º a 7º. Eles também fazem questão do colarinho, pois a espuma ajuda a proteger da oxidação. Alguns tchecos chegam a pedir a caneca com espuma até a metade! Outro detalhe importante é que lá não se toma cerveja aos pouquinhos, mas em grandes goladas. Dizem que um verdadeiro tcheco termina a cerveja em apenas três goles.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA