Chef mexicano incrementa cozinha do Rio Quente Resort em Goiás

Noberto Roldan dá uma apimentada no cardápio com receitas mexicanas e também pratos com ingredientes brasileiros

por Laura Valente 26/07/2015 11:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação)

A perspectiva de descansar no maior complexo de águas termais do planeta, em Goiás, ganha um atrativo a mais: um incremento na culinária oferecida aos hóspedes e visitantes. A novidade tem nome e sobrenome. Trata-se da chegada do chef mexicano Norberto Roldan, contratado pelo Rio Quente Resorts, na cidade de mesmo nome, localizada a 170 quilometros da capital, Goiânia, e famosa por atrair turistas de todo o país com a abundância de parques aquáticos com águas naturalmente aquecidas.


Formado na escola de gastronomia dos Hotéis Hyatt Regency de Acapulco, cidade onde nasceu, Norberto tem um currículo recheado de experiências internacionais, incluindo atuação em restaurantes de Abu Dhabi (Emirados Árabes), Mumbai e Nova Delhi (Índia), Dublin (Irlanda), Seul (Coreia do Sul) e Orlando (Flórida). “Foram experiências muito enriquecedoras em que tive a oportunidade de desenvolver novas técnicas, conhecer aspectos culturais e gastronômicos de cada um desses países e trabalhar com profissionais de primeira linha”, revela ele, bastante animado em conhecer o Brasil. “Nunca estive aqui e fiquei muito animado com o convite. Além de preparar pratos típicos de várias regiões do México com toque da cozinha contemporânea e utilização de produtos da horta orgânica local, o cargo de chef executivo inclui ainda a atuação em todo o cardápio e o treinamento dos profissionais da cozinha”, descreve.

 

Tradição mexicana

 

Além de trabalhar em projetos que integram a programação do complexo, o chef é o responsável por atualizar os cardápios e manter a excelência da qualidade dos alimentos por meio das técnicas como o sous-vide, cocção a vácuo, resfriamento rápido e ultracongelamento, entre outras. “Também são objetivos liderar e formar uma equipe cada vez mais preparada profissionalmente a fim de manter a qualidade e inovação de tudo o que produzimos e ver isso refletir nos nossos hóspedes, que, por meio da gastronomia, podem, também, viver experiências fantásticas”.


Daí a introdução de características gastronômicas do México no cardápio temático. “Trouxe o típico chimichanga, uma tortilha recheada de frango, vegetais, queijos e fritas, acompanhado por molho rancheiro, e agora ele já um prato que não pode faltar no cardápio, já que teve boa aceitação dos nossos visitantes, assim como o frijoles charros (veja receita na página), uma sopa muito tradicional”, lembra.


Os ingredientes brasileiros também têm sido bastante explorados pelo chef. “A cozinha mexicana é muito rica em virtude da quantidade de espécies e sabores que temos, como o coentro acompanhado de uma pimenta suave. Mas gosto de misturá-la à cozinha brasileira também. Já experimentei os ingredientes principais aqui da região de Goiás e os que mais me agradaram foram o pequi e o baru, frutos naturais do cerrado”. Com cada vez mais receitas criadas para receber os visitantes do resort, Norberto pretende viajar pelo país para incrementar também a própria bagagem gastronômica, como destaca. “Espero formar excelentes chefs na região e conhecer a maior parte da gastronomia do Brasil para enriquecer cada vez mais o meu trabalho.”

 

Frijoles charros

Ingredientes
(12 porções)

1kg de feijão cozido (guarda-se a água de cozimento), 100g de cebola picada em cubos, 100g de tomate picado em cubos, 100g de pimentão verde em cubos, 100g de bacon picado, 50g de presunto picado, 20g de coentro fresco, 50g de pimenta-de-cheiro (se preferir pode trocar por uma ainda mais picante), 20g de sal.

Modo de fazer

Cozinhar o feijão durante duas horas em 5l de água (reserve o caldo). Corte a cebola, o tomate, o pimentão, o bacon e o presunto em cubos médios separadamente. Em uma caçarola, coloque 80ml de azeite para esquentar. Primero cozinhe o bacon junto com o presunto e, em seguida, os vegetais, deixando-os al dente. Acrescente o feijão cozido e a água que sobrou. Esperar ferver e, por último, tempere com sal, pimenta-de- cheiro a gosto e coentro.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA