Praça Duque de Caxias recebe evento do ''maior tropeiro do mundo'' no sábado

Além da proposta ambiciosa de produzir o maior prato do planeta, evento vai contar com outras variações do prato típico, como tropeiro vegetariano e o famoso tropeiro do 13, do Mineirão

por Carolina Braga 17/04/2015 08:47

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 17/3/15
Considerado o top 5 de BH por muitos anos no Mineirão, o tropeiro do 13 poderá ser degustado amanhã, na festa no Santa Tereza (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 17/3/15 )
Quem se lembra e sente saudade do sabor do famoso tropeiro do Mineirão pode preparar o coração e o paladar. O tropeiro do 13, receita mais famosa dos tempos áureos do estádio de futebol, é um dos convidados do ambicioso evento marcado para este sábado, na Praça Duque de Caxias. “Maior feijão-tropeiro do mundo” quer fazer com que o prato clássico da culinária mineira entre para o Livro dos Recordes. A meta é produzir – e obviamente consumir – três toneladas da iguaria em um só dia.


Eliane Assis, herdeira do legado do bar de número 13 do Mineirão, garante que está pronta para lembrar a época de produção intensa por lá. “Vai dar para fazer igualzinho a gente fazia lá”, promete. Isso porque, por causa do volume de produção, a crosta formada pela fritura dos bifes de lombo era acrescentada ao molho de tomate. Taí uns dos segredinhos de um dos pratos mais comentados de BH e que será reproduzido e vendido a R$ 15 a porção de 500 gramas.

Para fazer a receita clássica, os números não são nada modestos. Só para a receita do 13 serão fritos 3 mil ovos e, aproximadamente, 300 quilos de lombo, 200 quilos de toucinho, a mesma quantidade de calabresa, 300 molhos de couve e outros 250 quilos de cebolinha. A empreitada, porém, não é só desses veteranos. “Queremos comemorar o bom momento que vive a gastronomia mineira”, diz o organizador do “Maior feijão-tropeiro do mundo”, Christiano Rocco.

Sendo assim, outras duas variações do tropeirão foram escaladas para engrossar o caldo, ou melhor, a meta. O professor de gastronomia e chef Jackson Cabral criou em parceria com os alunos da Faculdade Promove um tropeiro contemporâneo. Tem ainda uma versão vegetariana elaborada pelo cozinheiro Paulo Renato Freitas, sensação no carrinho de lanches que fica parado na Praça Mendes Júnior, nas proximidades do Batalhão da Polícia Militar, Bairro de Lourdes.

GOURMETIZAÇÃO Na linha da onda gourmet, o tropeiro contemporâneo é feito com a mistura das farinhas de mandioca e de milho. “Vamos colocar outras carnes, usar alho negro e normal, a couve não será refogada, mas frita. Tudo feito no azeite”, explica Jackson Cabral. Outro detalhe curioso é a utilização de ovos pasteurizados, vendidos em caixinhas, como as de leite.

Já a opção vegetariana faz parte do menu de Paulo Renato Freitas há cerca de 10 anos. Foi desde quando ele decidiu cortar a carne do cardápio mas não queria fazer a linha ‘natureba’. “Comecei a pesquisar e desenvolvi essa receita”, conta. A versão leva torresmo de soja, salsicha de seitan, salame feito com base de proteína de mandioca e pururuca de trigo. “É bem caprichado e não fica devendo nada ao original”, defende. As porções dessas duas receitas serão vendidas a R$ 12, também com 500 gramas. A expectativa da organização é servir cerca de cinco mil pessoas.

O “Maior feijão-tropeiro do mundo” é aperitivo para o Gastronomia na Praça, marcado para julho. Além da comida, a protagonista, haverá shows com grupos de MPB, samba de raiz e maracatu. Os ingressos devem ser trocados por um quilo de alimento não perecível, no posto montado na Praça Duque de Caxias ou na Faculdade Promove, no Barro Preto (Rua dos Goitacazes, 1.762, Centro). Os donativos serão entregues para as instituições União dos Cegos de Santa Tereza, Creche Santa Tereza, Apae – Belo Horizonte e Lar de Idosos de Santa Tereza.

“Maior feijão-tropeiro do mundo”
Praça Duque de Caxias, Bairro Santa Tereza. Amanhã, das 12h às 22h. Informações no site do evento.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA