Para quem curte a comida mexicana, BH tem dois bares especializados

Espaços oferecem receitas diferenciadas na Savassi e Lourdes

por Eduardo Tristão Girão 10/04/2015 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fotos: Paula Huven/Esp. EM./D.A PRESS - 26/2/15
No El Camino, freguês escolhe os ingredientes para montar seu burrito. Algumas carnes são marinadas no adobo, uma mistura de pimentões e pimentas (foto: Fotos: Paula Huven/Esp. EM./D.A PRESS - 26/2/15)
Belo Horizonte sempre teve oferta mínima de comida mexicana – quando teve. De vez em quando, surge alguém disposto a ir além do guacamole, caso do food truck Tá Com Tudo (que tem loja física no Alípio de Melo). Mais recentemente, houve novo espasmo e a cidade ganhou duas casas especializadas. Na verdade, uma e meia: o El Camino, na Savassi, tem tacos e burritos montados a gosto; já o MeetMe, em Lourdes, reformulou todo o cardápio e deu foco aos tacos e hambúrgueres.


Por trás de ambas as casas, estão André Sá Fortes e Francis Dias. No MeetMe, são proprietários com outros dois sócios; no El Camino, são donos da marca, licenciada para terceiros. Nesta última, o formato é de fast food, sem garçom e com as opções de ingredientes descritas em painéis na parede, permitindo que o freguês escolha sozinho como montar seu taco (em tortilha crocante de milho, aberta) ou burrito (em tortilha macia de trigo, enrolada). Cada uma das opções custa cerca de R$ 14. Vendido à parte, o guacamole sai por R$ 4,50 (porção pequena).

 

Leia mais sobre gastronomia no Blog do Girão

 

Entre os recheios, há feijão refrito (em forma de purê com bacon), creme azedo (feito lá), arroz verde (com coentro) e mistura de queijos. Boi, porco e frango são as opções de carne, algumas delas marinadas em adobo, uma mistura fermentada de pimentões, pimenta, vinagre e especiarias. “Esse é um tipo de negócio diferente, com algumas coisas simples e outras complicadas. A maior dificuldade é ser rápido e manter o padrão”, diz Fortes. À exceção das tortilhas, tudo é produzido na loja, que é minúscula e tem apenas 12 lugares internos.

Além das taquerias mexicanas, serviu de modelo para a casa a comida feita nos Estados Unidos, mais precisamente na Califórnica, onde Fortes morou. “Quando estava lá, trabalhei com o Roy Choi, que foi um dos pioneiros do food truck e misturava comida coreana com mexicana. Tinha ido para conhecer esse movimento e abrir um food truck em BH, em 2010”, lembra. No entanto, quis o destino que a ideia não saísse do papel e, assim, abriu o MeetMe. Não por acaso, a casa, inaugurada há dois anos, tinha elementos latinos e asiáticos no cardápio.

Fotos: Paula Huven/Esp. EM./D.A PRESS - 26/2/15
Taco oferecido no MeetMe leva cogumelo, cebola, tomate, molho de pimenta chipotle e chips de banana (foto: Fotos: Paula Huven/Esp. EM./D.A PRESS - 26/2/15)
Inventivo
De lá para cá, o mixologista Filipe Brasil deixou a sociedade no MeetMe e o chef Kiki Ferrari saiu de lá para assumir a cozinha do bar El Toro. Os proprietários trouxeram o bartender Tiago Santos (ex-2015), que remodelou a carta de coquetéis (diminuindo os preços), e o chef Bernardo Garcia (ex-Pipo, RJ), que executa hambúrgueres, tacos e alguns petiscos tipicamente tex-mex. “No El Camino, tentamos fazer algo mais mexicano, enquanto aqui nos permitimos ser mais inventivos”, resume André Fortes.

Por isso, o freguês encontra no MeetMe tacos pouco óbvios, como os de cogumelos com cebola, tomate, molho de pimenta chipotle e chips de banana (R$ 26) e de camarão com vinagrete de polvo e maionese de abóbora (R$ 35), cada opção com duas unidades. Há, ainda, versão petisco dos tacos (com cinco unidades pequenas), a exemplo dos de rosbife ao molho tailandês com abacate (R$ 28) e de peixe malpassado com couve frita e creme azedo (R$ 29). Os hambúrgueres, feitos na casa, custam cerca de R$ 28 (cada), guarnecidos com batatas fritas ou salada.

Durante a semana, a casa faz promoção de tacos (às terças, eles são vendidos unitariamente), chope (R$ 5 às quartas; nesse dia, o baldinho de frango empanado a R$ 7) e hambúr

El Camino
Rua Fernandes Tourinho, 59, Savassi, (31) 3786-2124. Aberto de segunda a sábado, das 11h30 à 0h.

MeetMe

Rua Curitiba, 2.578, Lourdes, (31) 3297-0909. Aberto de terça a quinta, das 18h à 0h; sexta e sábado, das 18h à 1h; e domingo, das 17h às 23h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA