Veja onde celebrar o Dia Internacional da Cerveja em Belo Horizonte

Data é comemorada internacionalmente na primeira sexta-feira de agosto

por Fernanda Machado 31/07/2014 15:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Facebook / Reprodução
Duke N Duke, na Savassi e no Maletta, conta com diversas opções nacionais e importadas (foto: Facebook / Reprodução)
Qualquer sexta-feira é, para muita gente, o melhor dia para beber cerveja. No entanto, essa primeira sexta de agosto é especial no universo cervejeiro: a data marca o Dia Internacional da Cerveja, criado nos Estados Unidos em 2007. A ideia é ter um dia especial para celebrar e difundir a a cultura em torno da bebida em todo o mundo.

Belo Horizonte, que tornou-se referência nacional e internacional quando o assunto é a combinação de água, malte e lúpulo, não ficará de fora das celebrações. A cidade, que abriga algumas das principais cervejarias artesanais do país em sua Região Metropolitana, dispõe de boas opções para quem procura alternativas para beber bem no Dia Internacional da Cerveja, fugindo da mesmice do dia a dia. Confira algumas dicas de bares e pubs com cartas especializadas:


Duke N Duke

(Rua Alagoas, 1470, Funcionários | Av. Augusto de Lima, 245, Centro)

Com nova unidade inaugurada em abril no Edifício Maletta, o pub terá uma promoção especial para o Dia Internacional da Cerveja. Acertando as perguntas do quiz especial sobre a bebida, o cliente ganha um chope Duke Wals de graça. Além disso, a casa conta com outras marcas nacionais e importadas. Algumas delas, como a irlandesa Guinness, estão disponíveis na torneira de pressão. Para comer, o pub é especializado em hamburgers especiais.

Facebook / Reprodução
Tábua de degustação do Adriano Imperador da Cerveja (foto: Facebook / Reprodução)
Adriano Imperador da Cerveja

(Rua Cristina, 1270, Santo Antônio)

Com o nome inspirado no imperador romano, o bar localizado no bairro Santo Antônio oferece uma das melhores cartas de cerveja em BH. Apesar de boa variedade de rótulos internacionais, o destaque vai para as artesanais brasileiras, especialmente das marcas mineiras, como a Wals, Kud e Falke.

Cervejaria Seu Romão
(Rua São Romão, 192, Santo Antônio)
Também no bairro Santo Antônio fica a Cervejaria Seu Romão. Com ambiente aconchegante, o bar tem no cardápio 92 rótulos diferentes, de vários estilos e origens.

Rima dos Sabores
(Rua Esmeralda, 522, Prado)

Boa opção para quem gosta de pratos mais elaborados para combinar com cervejas diferenciadas. Com um vasto cardápio especializado em carnes de caça, um dos pratos mais inusitados é o “javabúfalo”: pernil de javali colado em filé de búfalo ao molho de laranja com limão, servido com bruschetta de pão australiano com purê de feijão preto com castanha de caju e ar de chocolate amargo. Vai bem com cervejas mais fortes, como as stouts. A casa conta com mais de 150 rótulos, de várias cervejarias nacionais.

Vintage 13
(Rua Antônio de Albuquerque, 383, Savassi)
Quem prefere o estilo de mesas na calçada, como é tradicional em Belo Horizonte, e gosta de ouvir um bom rock'n'roll, tem o Vintage 13 na Savassi como boa pedida. O local funciona como loja de roupas durante o dia e abre como bar à noite. A carta de cervejas oferece boas artesanais brasileiras, como as mineiras Grimor e Jambreiro. Uma novidade internacional no cardápio é a escocesa Brewdog Punk IPA, do estilo india pale ale.

Tonel Bebidas
(Rua Major Lopes, 400, São Pedro)
Simplicidade é a marca registrada do misto de loja com bar na Rua Major Lopes. A pequena distribuidora de bebidas é também ponto de encontro de quem procura por boas cervejas a preços reduzidos. Marcas artesanais como Colorado e Coruja, assim como rótulos estrangeiros, podem ser comprados e consumidos ali mesmo, no balcão, ou em pé, na porta da loja.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA