Diversidade da gastronomia mineira é celebrada no Projeto Aproxima

Ao todo, 80 estabelecimentos vão participar do circuito gastronômico com receitas produzidas a partir de ingredientes típicos do estado

por Eduardo Tristão Girão 06/06/2014 08:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alexandre Rezende/Divulgação
Terrine de pernil com castanha de baru flambada na cachaça, do Nectar do Cerrado (foto: Alexandre Rezende/Divulgação)
Produtor e produto são palavras correntes na gastronomia hoje. Fala-se cada vez mais sobre onde, como e quem faz um queijo único ou cultiva um bom café, por exemplo, tornando isso público em cardápios, quadro negros, entrevistas. Essa tendência ganha cada vez mais força em BH e prova disso é o Aproxima, evento que começa nesta sexta-feira e reúne 80 casas que compartilham essa filosofia. Cada uma contempla ingredientes mineiros de qualidade em ao menos uma receita, num circuito que vai até dia 10 do mês que vem. A segunda etapa, em seguida, consiste em feiras mensais no Mercado Distrital do Cruzeiro.


Por trás da ideia está Eduardo Maya, que “reaparece” depois de desligar-se, ano passado, do concurso Comida di Buteco, do qual é um dos fundadores. O projeto tem como base a divisão do mapa mineiro em quatro grandes regiões, cada qual com seus respetivos ingredientes: cerrado (carneiro, peixes, pequi, castanha de baru e requeijão escuro); Mantiqueira (truta, galinha, queijos finos, café e pinhão), Espinhaço (porco, galinha, queijo do Serro, cachaça de Salinas e taioba) e rios Mucuri, Doce e Jequitinhonha (peixes, carne de sol, mandioca, queijo cabacinha e café).

“No fundo, isso é um movimento. Somos a Toscana brasileira e não falamos disso. Nesse evento, invertemos o foco, colocando em primeiro lugar a região e, depois, o ingrediente. Por último, o chef. No Peru, tudo começou no mundinho gourmet e hoje a gastronomia faz parte do cotidiano. Experimente falar mal do chef Gaston Acurio para um taxista de lá e veja o que acontecerá. Nós também podemos ter esse sentimento de pertencimento”, acredita Maya. A inspiração, completa, vem do evento peruano Mistura, de mercados como o londrino Borough e viagens pelo Vietnã, Estados Unidos e Espanha.

DIFERENÇA Restaurantes (53, no total) se dividirão entre ingredientes das regiões do cerrado e Mantiqueira, enquanto as sanduicherias e lojas de quitanda trabalharão com produtos do Espinhaço e as cafeterias, com matéria-prima da região dos rios. Cada casa “adota” um produtor da região a qual pertence, se comprometendo a usar ao menos um dos cinco ingredientes. A castanha de baru, ingrediente que tem ganhado grande atenção dos chefs mineiros nos últimos anos, continua em alta: é usada numa farofa do Xapuri, numa terrine de pernil do Néctar do Cerrado e como crosta de um lombo no diVino, por exemplo.

Vários restaurantes criaram para o evento menus com entrada, prato principal e sobremesa e houve também quem não se limitasse a uma única receita por ter escolhido um ingrediente só. É o caso de Juliana Scucato, da sorveteria Easy Ice, que usou o premiado café Boa Vista, de Dom Viçoso (Sul de Minas) em nada menos que cinco sabores de gelados (com caramelo salgado; com os grãos torrados da fruta e chocolate; café com leite; parmesão com calda de café; e sorbet, ou seja, à base de água). “É um produto mais caro, mas que vale a pena. Nunca senti tanta diferença ao experimentar um café”, avalia ela.

Dois dias depois de terminado o circuito, dia 12 do mês que vem, o Aproxima entrará em sua segunda fase com feiras que reunirão 30 barracas com produtores das quatro regiões do projeto no Mercado Distrital do Cruzeiro, sempre no primeiro sábado de cada mês, das 10h às 17h. Para ano que vem, Eduardo Maya promete edição maior, incluindo megafeira de quatro dias na Praça da Estação com vários produtores de todas as regiões, incluindo espaços exclusivos para alguns ingredientes (como queijo, café e cachaça), aulas e palestras.

Aproxima

Circuito de 80 restaurantes, cafés, lojas de quitanda e sanduicherias com receitas baseadas em ingredientes mineiros. De hoje a dia 10 do mês que vem. Mais informações e roteiro completo no site www.projetoaproxima.com.br.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA