Red Sports Bar abre as portas para fãs do esporte, cerveja e comida ogra

Casa mira no público da capital apaixonado por esportes que vão além do tradicional futebol mineiro

por Ailton Magioli 30/05/2014 08:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fotos: Paula Huven/Esp. EM/D.A Press
Júlio Anastacio e Pedro Loureiro em frente ao Red Sports Bar, no São pedro (foto: Fotos: Paula Huven/Esp. EM/D.A Press)
Às vésperas da Copa do Mundo, Belo Horizonte passa a abrigar um bar exclusivo para o público dos esportes internacionais, com direito à transmissão dos campeonatos de futebol americano, basquete, rugby, beisebol, além, claro, das competições da Copa, do futebol dos clubes europeus e das lutas de MMA (Artes Marciais Mistas).


Propriedade dos jovens empresários Pedro Rosa Loureiro, Rodrigo Moreira e Júlio Anastácio, que já militam no ramo do entretenimento há quatro anos, via Alfândega Bar, o Red Sports Bar apresenta proposta ainda inexplorada na noite belo-horizontina, trazendo à tona experiência aprovada em grandes centros internacionais, além de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. “Descobrimos o nicho por intermédio do Minas Locomotiva, o time de futebol americano de BH”, revela Júlio Anastácio.

Para conhecer o potencial do negócio, os sócios do Red Sports Bar contrataram consultoria do Sebrae MG, durante a qual ficou constatada a existência de um público carente de tal serviço na capital, onde há uma infinidade de esportes aos quais o público não tem acesso, diante da ausência de locais apropriados para sua prática. Para tanto, eles ocuparam imóvel estrategicamente localizado na região Centro-Sul de Belo Horizonte, no Bairro São Pedro, onde além do lazer em si, o público irá contar com serviços de cozinha e bar.

A pesquisa dos jovens empreendedores constatou que o público quer tratamento exclusivo, negando-se a se misturar com adeptos de outros tipos de esporte. “Eles são mais tranquilos, não costumam gritar e nem brigar com a TV”, diz Júlio Anastácio, que descobriu particularidades do segmento em conversas com a diretoria do Minas Locomotiva. O esporte regional não irá integrar o cardápio da casa, que, no entanto, irá se abrir para eventos como a Libertadores da América.

Com capacidade para 250 pessoas, o novo bar funcionará em dois ambientes. O interno é dividido em três salas, entre elas um lounge, com poltronas confortáveis, todas com foco na TV. De qualquer lugar da casa há um aparelho estrategicamente colocado. Ao todo são 20 monitores de 32 polegadas a 42 polegadas, distribuídos nas três salas. O ambiente externo, com capacidade para 60 pessoas sentadas, também coberto, se interliga ao espaço interno, oferecendo ao público um deck com projetor, que joga imagens para a parede, como em uma tela de cinema.

A decoração, feita especialmente para os amantes das modalidades que estarão em cartaz no bar, reúne elementos que relembram momentos memoráveis das competições, enquanto a música ambiente vai ficar por conta do rockabilly.

Porçãozinha, nem pensar
Que tal assistir à estreia do mundial de futebol, em 12 de junho, desfrutando de uma carta variada de cervejas: da long neck a de 600 ml, além do chope servido em canecos de 340ml e 610ml?

De tira-gosto, dentro do clima colorido da Copa, almôndegas cobertas por creme cheddar amarelado, picante, com cobertura de salsa desidratada, para dar a sensação de um verdadeiro gramado. O prato, com cinco almôndegas que imitam bola, de 150g a 200g cada, serve bem cinco pessoas, a R$ 32,50.

Com cardápio fixo, o Red Sports Bar empreendeu uma pesquisa pela comida de estádios do mundo inteiro, chegando à denominada “comida ogra”, que pode ser consumida com as mãos e à base de talher e palito, sempre muito picante. Como no caso do frango frito e servido no balde. Empanadas em pimenta chilli, as 18 peças atendem até cinco pessoas, ao preço de R$ 33,50.

O cardápio do bar é basicamente composto de releituras dos principais pratos americanos, conhecidos mundialmente, e que aqui foram misturados a ingredientes brasileiríssimos, dando origem a combinações exclusivas.

Os sanduíches também ganharam destaque na nova casa, com opções que vão do Di Maggio (sanduíche em pão ciabatta com bife de hambúrguer artesanal de alcatra e bacon, anéis de cebola roxa na manteiga, tomate e molho vermelho picante) ao Marino (sanduíche natural de pão integral com pasta de atum, muçarela de búfala, rúcula e cenoura ralada).

 

RED SPORTS BAR
Rua Viçosa, 250, São Pedro. De terça-feira a domingo, de 18h às 2h; sábado, das 16h às 2h. Informações: (31) 3223-1987.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA