Livro traz seleção de receitas práticas e saborosas para a Páscoa

Publicação reúne 48 receitas entre bolos, carnes, sobremesas, sopas e saladas, ainda18 histórias de personagens que revelam seus segredos culinários

por Mírian Pinheiro 06/04/2014 13:46

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
(foto: Divulgação)


Com a proximidade da Páscoa, as receitas típicas com bacalhau ganham a preferência para festejar a tradicional data. Com opções criativas, o livro Receitas que alimentam a alma, de Eduardo Mina, traz diversas sugestões de pratos saborosos e fáceis de fazer com o ingrediente.


Ao todo, o livro reúne 48 receitas entre bolos, carnes, sobremesas, sopas e saladas, ainda18 histórias de personagens que revelam seus segredos culinários. A característica geral é a sutileza do preparo. Trata-se de um mix de pratos cuja praticidade permite que homens e mulheres, com mais ou menos experiência na cozinha, possam fazer as receitas do livro.


A obra terá uma segunda edição especial em breve que reunirá receitas e histórias enviadas pelos internautas. Segundo Mina, a comida sempre lhe foi apresentada com uma história. Não aquela história que conta a origem dos alimentos ou a etimologia das palavras, mas aquela carregada com a emoção de quem viveu na cozinha um encontro de professor/aluno, ou que descobriu sozinho a combinação de ingredientes que resultou num feliz encontro. “As receitas são interessantes, têm nomes de pessoas. Umas engraçadas, como o frango moreninho do meu avô, ou o bacalhau dos romeiros – esta, eu mesmo vou dar a receita no livro –, que me ajudou a ver como as dificuldades da vida podem ser simplificadas pela fé. Tempos atrás, num destes encontros em volta da mesa, me perguntei quantas receitas de família haviam se perdido.”


 Assim surgiu a ideia de documentar as receitas de parentes e amigos. Receitas que alimentam a alma, de Eduardo Mina, reúne textos poéticos que contam breves histórias dos autores de cada uma das iguarias que recheiam a obra. Com tiragem de três mil exemplares, o livro é dividido em seis temas, que inspiraram cada um dos sabores: família, amor, fé, alegria, tradição e estrugido. Além de ser uma sugestão de leitura para os amantes da gastronomia, tem foco social. O total arrecadado com a venda do livro será doado a  Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer (APFCC).

O autor

 

Filho de portugueses, Eduardo Mina montou seu projeto inspirado pelo costume de reunir a família em torno da mesa nos almoços e jantares, que além do paladar agregam momentos de vida. Motivado por estes episódios, documentou a origem e as histórias que inspiraram cada um daqueles sabores. Segundo ele, a ideia do livro surgiu em volta da mesa, ao degustar Arroz de Bacalhau, receita da tia Zeza, portuguesa que vive no Brasil desde os 12 anos. “Tive o insight de que seria lamentável se aquele prato não pudesse ser provado pelas futuras gerações da família. Naquele momento decidi convidar parentes e amigos para apresentar suas receitas e histórias, reunidos na cozinha em meio a conversas, choros e risadas emocionantes”, diz.


Mina conta que foram investidos  R$ 150 mil na formatação da obra, com uma atenção especial à qualidade visual, “com lindas fotos”, comenta, explicando os bastidores da publicação. Cheia de sabores, histórias, lições de vida e aromas temperados com muita verdade e simplicidade, a obra encanta. Segue aos leitores do Degusta uma seleção de receitas práticas e saborosas com base em bacalhau, especialmente para a Páscoa que se aproxima.

 

Divulgação
(foto: Divulgação)

 

Arroz de bacalhau
com brócolis (Arroz
malandrinho)



Ingredientes

2 xícaras de arroz; ½, kg de bacalhau; 2 cebolas; 3 dentes de alho; 2 tomates; 1 folha de louro; ½ brócolis; Azeite a gosto.

Modo de fazer

Fazer um estrugido (refogado) com azeite, cebola picada, alho picado e uma folha de louro. Depois de aloirar a cebola, junta-se o tomate picado sem pele. Deixar apurar, juntar o bacalhau em pedaços pequenos (a gosto) e cozinhá-lo por 15 minutos. Colocar a água em quantidade dobrada daquela utilizada para fazer um arroz comum. Tempera-se com sal e pimenta a gosto e junta-se o arroz. Deixar cozinhar em fogo baixo por uns 15 minutos aproximadamente. Quando ainda estiver com bastante caldo, juntam-se os ramos de brócolis ninja (escaldado) ou ervilha torta (escaldada). Deixar o arroz “malandrinho” (com bastante caldo). É importante não deixar o arroz secar. Apague o fogo quando ainda tiver um pouco de caldo na panela. Deve-se servir imediatamente. Dica: o bacalhau pode ser substituído por polvo e camarão. O brócolis, por cenouras ou outros legumes.


Divulgação
(foto: Divulgação)
 

Patanisca de Bacalhau

Ingredientes

Lombo de bacalhau (a gosto); ovos; farinha;
sal a gosto, óleo para fritar; azeite; alho;
piri-piri em pó (pimenta).

Modo de fazer

Ajeitar o filé demolhado e cru, pressionando-o na palma da mão para ficar macio. Passar primeiramente na farinha de trigo e, em seguida, nos ovos bem batidos. Fritá-los no óleo quente. Os filés devem estar imersos em óleo, pelo menos até a metade. Reserve. Em uma panela, coloque azeite e  bastante alho picado. Após aloirar o alho, acrescentar piri-piri em pó e uma colher (chá) de c
olorau. Colocar em cima do bacalhau frito, enfeitar com salsinha e servir. Dica: Dessalgar na água gelada, durante três dias e na geladeira. Trocar a água do bacalhau
duas vezes por dia. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA