Livro sobre o Queijo do Serro oferece viagem de história e sabor pela tradição mineira

Ambientes bucólicos de Serro, na Região Metropolitana de BH, são cenário de onde surge iguaria considerada patrimônio nacional

por Bossuet Alvim 27/09/2013 18:08

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Luiz Otávio Lopes/Divulgação
(foto: Luiz Otávio Lopes/Divulgação)
'Memória e arte do Queijo do Serro', que será lançado neste sábado, 27, no Museu de Artes e Ofícios, é um livro com sabor próprio. A pesquisa da professora Maria Coeli Simões Pires parte da origem do alimento, que é apontado como um dos mais antigos no mundo, e se estende por questões específicas que têm gosto de interior mineiro, como as implicações sociológicas e históricas da produção, o desenvolvimento de mercado e a popularidade do produto.

 

Veja fotos que ilustram o livro

 

Ilustrado pelas fotografias de Luiz Otávio Lopes, a obra oferece uma incursão ao ambiente rural guardado em plena Região Metropolitana de Belo Horizonte, de onde nasce o ingrediente protagonista de diversas receitas tradicionais.

 

Considerado um patrimônio nacional, o Queijo do Serro carrega propriedades especiais que o tornam digno deste reconhecimento. A autora do livro, nascida na mesma cidade que dá nome à iguaria, é professora doutora de Direito, mas fez questão de se ater ao produto da terra como objeto de pesquisa. "Esse figurante do palco de tradições mineiras – o queijo, ícone de identidade – a isca que me joga na ratoeira do tempo, das lembranças, dos saberes e dos fazeres do mundo rural", ela escreve na introdução da obra.

 

'Memória e Arte do Queijo do Serro'

Lançamento do livro de Maria Coeli Simões Pires. Sábado, 28 de setembro, às 19h. Museu de Artes e Ofícios (Praça da Estação, Centro). Entrada franca.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA