Começa nesta sexta-feira o Festival de Gastronomia de Tiradentes

16ª edição do evento destaca culinária latino-americana e brasileira

por Eduardo Tristão Girão 23/08/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Eugênio Sávio/Divulgação
Parte do calendário nacional de gastronomia, o Festival de Tiradentes tem programação de festins, aulas, palestras e muita diversão (foto: Eugênio Sávio/Divulgação)

Com festins praticamente esgotados e programação gastronômica gratuita de 60 cursos, degustações, palestras e debates, além de 84 atrações artísticas ao ar livre (shows, intervenções teatrais e exposições), começa hoje a 16ª edição do Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes. Desta vez, a seleção de chefs convidados espelha talentos brasileiros e latino-americanos, unindo Minas Gerais e outros estados a Argentina, Colômbia, Equador e México.

Jantares especiais harmonizados com vinhos, os festins começam hoje à noite nas pousadas Villa Paolucci, onde cozinharão juntos os chefs Ariani Malouf (Mahalo, Cuiabá) e Benny Novak (Ici Bistrô, São Paulo), e Brisa da Serra, com Celso Freire (Zea Maïs, Curitiba) e Tereza Paim (Casa de Tereza, Salvador) dividindo a cozinha. Amanhã, os mesmos locais sediarão os jantares de Carla Tellini (Bah, Porto Alegre) com William Chen Yen (Brasília) e dos mineiros Felipe Rameh (Trindade), Henrique Gilberto (Belo Comidaria) e Leonardo Paixão (Glouton), respectivamente.

Edson Teixeira / Divulgação
No Largo das Forras, visitantes podem experimentar novidades e surpresas a cada edição do festival (foto: Edson Teixeira / Divulgação)
No fim de semana que vem, quando termina o festival, os festins serão comandados exclusivamente por chefs de restaurantes latino-americanos: Fernando Rivarola (El Baqueano, Argentina), Juan Manuel Barrientos (El Cielo, Colômbia), Maurício Acuña (Espais-Sucre, Equador) e os espanhóis Bruno Oteiza e Gerard Bellver (Biko, México). Este último, na Cidade do México, é o atual 31º colocado na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, organizada pela revista inglesa Restaurant.

 

 

O conjunto de chefs convidados surpreende por não incluir um único europeu, perfil dominante em edições anteriores do evento, até então frequentado sobretudo por franceses, espanhóis e italianos. “Agora é que o momento se mostrou adequado para essa mudança. A parte brasileira é fundamental para acompanharmos o que é feito no país, mas é preciso equilibrar com chefs estrangeiros para vermos o que acontece lá fora. Não podemos fechar os olhos para o que acontece à nossa volta”, afirma Rodrigo Ferraz, organizador do festival.

Nas ruas Para ele, outra marca desta edição é a aposta na programação de rua, que continua gratuita e dividida principalmente entre os largos das Forras e da Rodoviária, mas foi incrementada. No primeiro, está montado espaço para cursos e debates sobre gastronomia – para participar, basta fazer inscrição previamente no local. Lá também estarão presentes, em estandes, os restaurantes belo-horizontinos Vecchio Sogno, A Favorita e Piacenza (com pratos entre R$ 16 e R$ 40), além do chef Rodrigo Zarife, que vai preparar sua tradicional paella de frutos do mar.

Já no Largo da Rodoviária, o público encontrará estandes dos restaurantes locais Pau de Angu, Angatu, Kitanda Brasil e Lusitania, bem como cafeteria, loja de vinhos, livraria especializada em gastronomia e banca com produtos de diversas regiões brasileiras. Próximo dali, na Pousada Escola Senac, serão oferecidos cursos os chefs dos festins e convidados, como Helena Rizzo e Daniel Redondo (Maní, São Paulo), Rodolfo Guzmán (Boragó, Chile) e Carlos Garcia (Alto, Venezuela).

Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes

Festins, cursos, degustações, palestras, circuito paralelo de restaurantes e programação cultural. De hoje a 1º de setembro, em Tiradentes. Informações e programação completa no site www.culturaegastronomia.com.br.

PROGRAMAÇÃO

FESTINS

Sexta-feira
20h – Mato Grosso e São Paulo (Pousada Villa Paolucci)
20h – Paraná e Bahia (Pousada Brisa da Serra)

Sábado
20h – Brasília e Rio Grande do Sul (Pousada Villa Paolucci)
20h – Nova geração mineira (Pousada Brisa da Serra)


André Fossati / Divulgação
O grupo ManiCômios faz intervenções em vários espaços da cidade (foto: André Fossati / Divulgação)
ESPAÇO SENAC
(Largo das Forras)

Sábado
10h-10h45 – Aula Senac. Nutrição e Gastronomia: a interdependência responsável, com Cidinha Lamounier e Tarsila Gomide
11h-11h45 – Yes, nós temos chocolate!, com Diego Badaró, diretor da Amma Chocolates
12h-12h45 – Aula Senac. Palestra: Roteiros gastronômicos, a gastronomia provendo o Desenvolvimento Regional, com Hans Eberhard Aichinger
13h-13h45 -–Caseiro com sabor gourmet: menu degustação para servir em casa, com Rodrigo Kallas, do Grupo Kallas
15h15-16h30 – Invenção de tradições: o caso da culinária mineira, com Carlos Alberto Dória (sociólogo), Mônica Abdala (socióloga) e Eduardo Girão (jornalista)
16h45-17h45 – Debate: Entre o passado e o futuro: uma reflexão sobre a gastronomia mineira, com os chefs mineiros Felipe Rameh, Paula Cardoso, Eduardo Avelar, Ivo Faria e Carlos Alberto Dória

Domingo

10h-10h45 – Expedição Brasil Gastronômico: Içá, cambuci, aratu e outros ingredientes brasileiros, com Rusty Marcellini, coordenador da Expedição Brasil Gastronômico
11h-11h45 – Aula Senac. World Skills, os jovens profissionais na cozinha, com Ronie Perterson e Gabriela
12h- 12h45 – Tiradentes de hoje. Bate-papo sobre a atual cena gastronômica de Tiradentes: Beth Beltrão (Virada’s do Largo), Yury Feliciano (Archote) e Rodolfo Mayer (Angatu)


ESPAÇO DEGUSTAÇÃO

(Largo das Forras)

Sábado
10h00-11h15 – Mandasaia, jataí e uruçu: degustação méis de abelhas nativas, com o produtor Éderson e mediador Carlos Alberto Dória
11h30-12h45 – Queijos mineiros e suas principais regiões, com Eduardo Maya, idealizador do Comida di Buteco
13h-14h15 – Cave Geisse: espumante brasileiro de destaque, com Daniel Geisse, diretor de marketing da vinícola Cave Geisse
15h30-16h15 – Workshop de harmonizações de Nespresso com sobremesa de Leite Moça, com Vitor Gabira, sommelier de café da Nespresso
16h45-18h – Queijos mineiros e brancos aromáticos, com Gustavo Giacchero, sommelier

Domingo
10h-11h15 – Métodos de preparo do café coado, com Bruno Souza, Academia do Café
11h30-12h45 – De autor de garagem e artesanais: novos rumos dos vinhos brasileiros, com Gustavo Giacchero, sommelier


POUSADA ESCOLA SENAC
(Rua São Francisco de Paula, 164, Cascalho)


Sábado
10h-10h45 – O pão e a manteiga, com Henrique Gilberto (Belo Comidaria, Belo Horizonte)
11h-11h45 – A trajetória do Maní, com Helena Rizzo e Daniel Redondo (Maní, São Paulo)
12h-12h45 – Franco-judeu-italiano-americano: o cosmopolita paulistano, com o chef Benny Novak (Ici Bistrô, São Paulo)
13h-13h45 – Cozinha santo forte, com o chef Tereza Paim (Casa de Tereza, Salvador)
15h30-16h15 – Cozinheiro viajante, com chef William Chen Yen (Brasília)
16h30-17h15 – Muito além do Ma-tché, com a chef Carla Tellini (Bah, Porto Alegre)
17h30-18h15 – Gastronomia responsável, com o chef Celso Freire (Zea Maïs, Curitiba)

Domingo
10h-10h45 – O cozinheiro do novo milênio: um ser pensante, com Leonardo Paixão (Belo Horizonte)
11h-11h45 – Enchendo linguiça, com o chef Mário Portela (Juiz de Fora)
12h-12h45 – A cozinha criativa do Mahalo, com Ariani Malouf (Cuiabá)


PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA

Sexta-feira
19h – Largo do Chef: Música Gilson Brito (MT)
19h – Itinerante: intervenção de palhaços, com Cia Cata-Riso (MG)
20h – Centro Cultural Yves Alves: Ayran Nicodemo Trio (MG)
20h – Largo das Forras: Trio Bossa Nova (MG)
20h30 – Largo do Chef: Daniel Migliavacca Quarteto (PR)
20h30 – Largo das Forras: Krauss Trio (MG)
21h – Itinerante: intervenção ManiCômicos, ManiCômicos (MG)
21h30 – Largo das Forras: Krauss Trio (MG)
22h – Largo do Chef: Tomati Jazz Trio (SP)

Sábado
11h – Centro Cultural Yves Alves: Mar do Beleléu, Cia Cata-Riso (MG)
11h – Largo das Forras: Brincadeiras e Contação de histórias, com Rúbia (MG)
12h30 – Largo das Forras: O construtor de imaginário, Cia de Inventos (MG)
15h – Itinerante: intervenção de Palhaços, Cia Cata-Riso (MG)
15h30 – Largo do Chef: Sonorata (MG)
16h – Centro Cultural Yves Alves: A caravana da ilusão, Grupo Povo das Ruas (RS)
16h – Itinerante: Corpos de passagem, Grua Gentlemen de Rua (SP)
16h – Largo das Mercês: O homem sem memória aceita memórias alheias, Luiz Bertazzo (PR)
16h – Largo das Forras: Grupo de Choro Pedacinhos do Céu (MG)
17h – Chafariz: Brincadeiras e contação de histórias, com Rúbia (MG)
17h – Itinerante: intervenção ManiCômicos, Cia. ManiCômicos (MG)
17h – Largo do Chef: Na Tocaia (PR)
17h30 – Largo das Forras: Ayran Nicodemo Trio (MG)
18h30 – Largo do Chef: Letieres Leite (BA)
19h – Largo das Forras: Ana Silva e André Bianchini (MG)
20h – Largo do Chef: Trio Brasileiro (DF)
20h30 – Largo das Forras: Grupo de Choro Chora Genésio (MG)
21h30 – Largo do Chef: Renato Borghetti (RS)
20h30 – Largo das Forras: 1113 Jazz Trio (MG)

Domingo
10h – Largo das Forras: Brincadeiras e contação de Histórias, Rúbia (MG)
11h – Centro Cultural Yves Alves: Marionetes a fio, Cia de Inventos (MG)
11h – Largo das Forras: Paulo Márcio e Rafael Moraes (MG)
11h – Largo do Chef: Grupo de Choro Pedacinhos do Céu (MG)
11h – Itinerante: intervenção de palhaços, Cia Cata-Riso (MG)
12h – Igreja da Matriz: Salomé Viegas e Amélia Viegas (MG)
12h – Itinerante: Intervenção ManiCômicos, Cia. ManiCômicos (MG)
12h30 – Largo do Chef: Grupo de Choro Chora Genésio (MG)
12h30 – Largo das Forras: Trio Bossa Nova (MG)
13h – Itinerante: O caminho do lixo, Cia Cata-Riso (MG)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA