Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes chega à 16ª edição na próxima sexta-feira

Festival terá programação com entrada franca por toda a cidade

por Eduardo Tristão Girão 16/08/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Eugênio Sávio/Divulgação
Rodrigo Zarife vai preparar sua tradicional paella de frutos do mar no Largo das Forras (foto: Eugênio Sávio/Divulgação)
Com a promessa de não ficar restrito basicamente aos “aristocráticos” festins, mas incrementar a programação gratuita por toda a cidade, o Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes chega à 16ª edição na sexta que vem. Ao todo, serão cerca de 60 cursos, degustações, palestras e debates, além de 84 atrações artísticas, entre shows, intervenções teatrais e exposições. Nos largos das Forras e da Rodoviária, oito restaurantes de Belo Horizonte e da cidade histórica montarão estandes para vender seus pratos ao público. Fora o circuito paralelo de casas locais com pratos e menus especiais para o evento.

Praticamente esgotados e com preços entre R$ 340 e R$ 390, os festins (jantares especiais de chefs convidados, harmonizados com vinhos) deste ano contemplarão encontros entre talentosos chefs nacionais no primeiro fim de semana, refletindo o significativo trabalho de pesquisa alimentar feito pelo projeto Expedição Brasil Gastronômico na Bahia, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e do Distrito Federal. Já nos dias 30 e 31, chefs da Argentina, Colômbia, Equador e México serão as estrelas, cada um a cargo de um jantar.

“Custamos a acertar a operação dos festins, agora voltaremos nossa atenção para a programação na rua. É preciso aumentar a cultura gastronômica entre as pessoas, para que saibam que por trás de um prato há uma cadeia produtiva, valores históricos. Percebendo isso, vão valorizar mais a gastronomia e entender que ela pode ser um grande valor do povo. Além disso, queremos que todos aproveitem o prazer de estar à mesa”, analisa Rodrigo Ferraz, organizador do festival. A organização do evento espera receber 35 mil visitantes em Tiradentes durante o evento.

No Largo das Forras, estarão presentes em estandes os restaurantes belo-horizontinos Vecchio Sogno, A Favorita e Piacenza, além do chef Rodrigo Zarife, responsável pelo preparo da tradicional paella de frutos do mar. Lá também será montado espaço para cursos e debates abertos ao público. Da mesma forma, no Largo da Rodoviária estarão presentes os restaurantes locais Pau de Angu, Angatu, Kitanda Brasil e Lusitania, além de cafeteria, loja de vinhos, livraria especializada em gastronomia e banca com produtos de diversas regiões brasileiras.

Artes

Para a programação cultural, foram escalados artistas e grupos de Minas e dos estados visitados pela Expedição Brasil Gastronômico. Entre as principais atrações musicais estão o escritor e saxofonista Luiz Fernando Veríssimo com o seu grupo Jazz 6, o acordeonista Renato Borghetti, o gaitista Gabriel Grossi e o Tomati Jazz Trio (do guitarrista do Sexteto do Jô). Entre os grupos teatrais que se apresentarão durante o festival, estão o Maria Cutia (MG), Povo da Rua (RS) e Grua (SP). Metade dos shows é de artistas da região, sobretudo de Tiradentes e São João del-Rei.

Festival de Cultura e Gastronoomia de Tiradentes
Festins, cursos, degustações, palestras, circuito paralelo de restaurantes e programação cultural. Do dia 23 a 1º de setembro, em Tiradentes. Informações e programação completa no site www.culturaegastronomia.com.br.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA