Relais & Châteaux escolhem Londres para edição do Diner des grands chefs

Serão 45 renomados chefs de todo o mundo criando receitas para harmonizar com uma saborosa safra da Champagne Pommery

por Marianna Rios 14/04/2013 16:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Arquivo pessoal/Divulgacao
(foto: Arquivo pessoal/Divulgacao )

Em 22 de abril, estrelas do mundo da culinária se unirão para celebrar o melhor dos produtos britânicos em um jantar em torno do tema All the world’s a kitchen by the Thames (em português, Todo o mundo é uma cozinha no Tâmisa). Na Old Billingsgate, os hóspedes terão o cenário tipicamente londrino, com vista para o Tâmisa e para a London Bridge, onde era antigamente o maior mercado de peixes do mundo, enquanto desfrutarão de uma experiência gastronômica única na vida. Serão 45 renomados chefs de todo o mundo reunindo seus talentos em dream teams compostos por três chefs, criando receitas para harmonizar com uma saborosa safra da Champagne Pommery.

O resultado será 15 diferentes e inéditos menus personalizados, assinados por três grands chefs e preparados como uma performance ao vivo para os convidados. A equipe do Reino Unido será liderada por Raymond Blanc e Jones Gary (Le Manoir aux Quat' Saisons), Andrew Fairlie (Restaurante Andrew Fairlie) e Claude Bosi (Hibiscus), definindo o ritmo para que a equipe Grandes Chefs possa surpreender e encantar novamente com as notas em "comida Britannia" inspirados pelo espírito de Londres. Outros talentos de longe incluem Patrick O'Connell (The Inn at Little, Washington, EUA), Emmanuel Renaut (Flocons de Sel, França) e Lanshu Chen (Le Moût Restaurant, Taiwan).

O grand chef Raymond Blanc ressalta que "Relais & Châteaux escolheu Londres para celebrar as extraordinárias mudanças que ocorreram na gastronomia britânica. “Londres, estabeleceu-se como um destino gastronômico onde as criações dos chefs refletem seu coração multicultural. Tendo trabalhado na Grã-Bretanha nos últimos 30 anos, eu sempre elogiei isso, o respeito pela biodiversidade e pelo meio ambiente", comemora.

Grand Chef Raymond Blanc é um dos mais respeitados chefs do Reino Unido. Ele nasceu em um pequeno vilarejo rural perto de Besançon, no Leste da França. Suas duas maiores inspirações foram o terroir da região de Franche-Comté, entre Borgonha e as Montanhas do Jura. Sua mãe, Maman Blanc, carinhosamente criava refeições em família repletas de sabores frescos, locais e sazonais. A carreira culinária de Raymond começou como garçom em Oxfordshire, Inglaterra, no Restaurante Rose Revived. Um dia, quando o chef estava doente, Raymond assumiu e o resto, como dizem, é história. Ele e sua esposa, Jenny, abriram seu primeiro restaurante, Les Quat'Saisons, em Oxford, em 1977. Um sucesso instantâneo, ganhou o prêmio Restaurante Egon Ronay do ano.

A data-chave, no entanto, foi 1984, quando Raymond cumpriu seu sonho de abrir um hotel e restaurante que combinam ambientes suntuosos com excelência gastronômica. "Eu tinha em mente uma pequena casa no país, mas eu me apaixonei por uma casa muito maior fixada em 30 hectares. Com a ajuda de alguns poucos amigos, o espaço foi transformado em um house hotel magnífico, o Le Manoir aux Quat'Saisons ", conta orgulhoso. O restaurante rapidamente ganhou duas estrelas Michelin. Os belos jardins de ervas, com mais de 70 variedades, revelam a paixão de Raymond pelos produtos sazonais orgânicos (ele cultiva dois hectares com 90 tipos de vegetais, um jardim de cogumelos com cerca de 20 espécies comestíveis, e um pomar)- e ainda mantém o Raymond Cookery School Blanc, criada em 1991, que atrai um fluxo constante de chefs iniciantes de todas as idades e níveis de especialização. “Le Manoir é o cumprimento de uma visão pessoal, um sonho de criar um hotel e restaurante, onde meus convidados pudessem encontrar perfeição no conforto, comida e serviço”, diz. Segue uma receita do chef para comprovar sua excelência gastronômica.

RECEITA
Risoto de tomate

Ingredientes


2 colheres de sopa de azeite de oliva, ½ cebola bem picadinha; ¼ de dente de alho esmagado; 200g de arroz para risoto, como carnaroli; sal e pimenta-do-reino moída a gosto; 150g de abóbora, descascada e cortada em cubos de ½ centímetro; 300ml de água; 300ml de molho de tomate ou passata; 10 tomates cerejas cortados ao meio;
2 abobrinhas cortadas longitudinalmente pela metade e fatiadas em pedaços grossos (½ cm); 1 cebolinha cortada; ½ colher de chá de sementes de coentro, levemente esmagadas; 80g de ervilhas; 2 colheres de sopa de queijo mascarpone; 4 colheres de chá de parmesão fresco ralado, mais extra para polvilhar; 4 colheres de sopa de baby leaves (alface, mimosa e agrião).

Modo de fazer


Pré-aqueça o forno a 200 graus. Aqueça uma panela em fogo médio, adicione o azeite e frite a cebola delicadamente por 3,4 minutos, ou até ficar macio. Adicione o alho e frite por mais um minuto. Adicione o arroz, mexendo bem para absorver o azeite. Frite durante um a dois minutos, ou até que o arroz fique translúcido. Tempere com o sal e a pimenta-do-reino moída. Adicione a abóbora na panela e misture bem. Adicione a água e a metade do molho de tomate. Em seguida, leve para ferver suavemente. Cubra com uma tampa e cozinhe por
15 minutos. Coloque o molho de tomate restante em uma panela e aqueça por completo. Enquanto isso, coloque
os tomates cerejas cortados ao meio em uma forma, regue com um pouco de azeite e tempere com sal e
pimenta-do-reino moída. Asse no forno por cinco a seis minutos, ou até que os tomates estejam macios. Neste momento, o arroz deve ter absorvido todo o líquido. Retire a tampa e mexa bem. Adicione as abobrinhas, a cebolinha e as sementes de coentro e cozinhe por alguns minutos. Adicione as ervilhas, o mascarpone e o queijo parmesão e mexa bem, adicionando um pouco de molho de tomate extra se o risoto estiver muito seco. Para servir, coloque o risoto em uma tigela pequena. Cubra com alguns tomates assados, polvilhe um pouco de parmesão e algumas folhas de baby leaves. Coloque por cima o molho de tomate aquecido.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA