Informal, mas nem tanto

Jaime Solares cria cardápio gourmet e serve pratos como rabada ao molho de vinho e laranja

por Eduardo Tristão Girão 21/10/2011 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
André Hauck/Esp. EM/D. A Press
(foto: André Hauck/Esp. EM/D. A Press)

A Borracharia Gastropub, inaugurada recentemente na Serra, é um daqueles lugares cuja classificação é praticamente impossível. Pode ser frequentado como bar ou restaurante. Em função do apetite e do número de pessoas à mesa, as porções servem de tira-gosto ou prato. O cardápio lista todas as comidas como petisco, mas a descrição de algumas das criações do chef e proprietário Jaime Solares mais parece lista de receitas de restaurante – ele explora texturas, usa reduções e caldos trabalhados e finaliza as pedidas com flor de sal e flores comestíveis. Tudo depende do ponto de vista.

O endereço da casa torna a tarefa de encontrá-la um tanto difícil. Ela se “esconde” dos que a procuram no número 4.321 da Avenida Afonso Pena. Funciona numa loja de frente para a Rua Bambuí, anexa ao centro comercial que fica nos fundos de um posto de gasolina (daí o nome). O acesso é feito a pé, por dentro do posto, e não pela rua para a qual está virada sua entrada. Os mais atentos perceberão um pequeno quadro negro da casa na esquina, a anunciar as opções do dia.

André Hauck/Esp. EM/D. A Press
(foto: André Hauck/Esp. EM/D. A Press)
Advogado até 2003, Jaime protagonizou mais um daqueles casos de gente que chutou o balde para correr atrás de um sonho – no caso dele, ser cozinheiro. Trabalhou no extinto Bar Manhattan e no Restaurante Ah! Bon. Depois de completar o curso de cozinheiro no Senac, decidiu embarcar para a França, onde trabalhou em alguns restaurantes estrelados, como Keisuke Matsushima e Mirazur. Estagiou com Joël Robuchon e trabalhou em eventos por lá.

Retornou à capital mineira em dezembro passado. “Na volta, tive medo de ficar desempregado. Saí de BH antes do boom de restaurantes”, conta Jaime. Arranjou emprego no Dádiva, que havia acabado de contratar o chef Felipe Rameh. “Foi uma experiência fabulosa. O fato de a casa ter passado por renovação naquela época me permitiu conhecer muita gente, muitos fornecedores”, lembra. À ocasião, foi chamado por Beto, baixista do Tianastácia, para ser sócio no que quase foi um bar especializado em espetinhos.

Daí veio a ideia de montar um gastropub, tipo de estabelecimento que mescla cervejas e comida com toque mais gourmet, em ascensão pelo mundo nos últimos anos. “Não queria algo formal, nem boteco. Gostava de ir a gastropubs quando morava na Europa. Neles é possível compartilhar comida mais elaborada com amigos, interagindo e dividindo opiniões sobre o prato. As pessoas vão para lá comer e beber descompromissadamente”, explica.

Momentos
O ambiente é informal, decorado com quadros pintados pelo músico e peças como pneu de trator, calibrador e macaco-jacaré. Além das mesas de madeira (à noite há algumas na varanda), há banquetas em torno do balcão, coberto com ladrilho hidráulico. Para beber, chope Albano’s (Antarctica; R$ 4,90) e as cervejas mineiras Reines (dois tipos; R$ 11,90, em média; 600ml) e Backer (oito tipos; entre R$ 6,90 e R$ 7,90, long neck).

No cardápio, destaque para a costelinha ao molho de mel, laranja e mostarda dijon, assada por 12 horas em calor brando e escoltada por tempura de legumes (R$ 46, porção inteira) e para o peixe branco com farofa de maracujá e vinagrete de tomate com limão siciliano (R$ 46). Outras pedidas são o polvo cozido em caldo de paella e servido com pimentões confitados e torradas de alho (R$ 52) e a linguiça (feita pelo chef) com especiarias acompanhada por farofa crocante de cebola e molho chimichurri (R$ 28).

Todas essas pedidas atendem quatro pessoas como petisco ou duas como prato principal e estão disponíveis em meia porção. De segunda a sexta, oferece entrada, prato principal e sobremesa a R$ 26 (individual).

Borracharia Gastropub
Avenida Afonso Pena, 4.321, Serra. (31) 2127-4321. Aberto segunda e sábado, das 12h às 15h; terça a sexta, das 12h às 15h e das 18h às 23h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA