Caso do menino do Acre vira jogo para smartphone

No jogo, o usuário precisa tentar desvendar o mistério em torno do desaparecimento do estudante de psicologia, Bruno Borges

por Estado de Minas 12/04/2017 08:48

Reprodução/Twitter
O jogo 'Menino do Acre' já está disponível no sistema Android (foto: Reprodução/Twitter)
A história de Bruno Borges, desaparecido desde o fim de março após deixar uma série de textos criptografados e uma estátua do pensador Giordano Bruno no quarto, está instigando muita gente. Além de várias teorias da conspiração, os desenvolvedores se inspiraram na história e criaram um jogo de celular, com o intuito de desvendar o mistério. 

 

O jogo Menino do Acre está disponível para celulares com sistema Android. Nele, o usuário precisa coletar os cadernos escritos por Bruno enquanto um rio de lava inunda a plataforma. O jogo tem basicamente um comando: com um clique na tela, o personagem pula para capturar os livros.

 

Os brasileiros Filipe Nunes e Guilherme Casassanta, formados em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Uberlândia, falaram em entrevista a EXAME.com, que o jogo demorou uma madrugada para ficar pronto e que se preocuparam com que o foco do jogo fosse os mistérios deixados pelos cadernos e não o desaparecimento do rapaz. 

 

Menino do Acre está disponível apenas para o sistema Android, mas os desenvolvedores esperam que o game entre para a App Store, da Apple, em breve.

 

 

 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GAMES