Xbox One e PS4: estrelas do salão de videogames de Los Angeles

Microsoft e Sony disputam atenções no maior evento de games do mundo

por AFP - Agence France-Presse 09/06/2014 17:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
E3/Divulgação
(foto: E3/Divulgação)

Os consoles Xbox One, da Microsoft, e Playstation 4, da Sony, serão as estrelas indiscutíveis do salão de videogames E3, realizado entre terça e quinta-feira em Los Angeles.


A Nintendo, que teve a última geração de seus consoles Wii U ofuscada pela concorrência, terá uma participação discreta no maior evento de videogames do mundo. Microsoft e Sony prepararam apresentações apoteóticas para lançar novos games, com criações cada vez mais realistas e uma excelente qualidade de jogo - ou 'jogabilidade' - para satisfazer até os mais aficionados.


O sucesso desses jogos é chave para os desenvolvedores de consoles, ainda que os dispositivos tenham evoluído nos últimos anos para se tornar mais versáteis e se impor como um verdadeiro centro nevrálgico da sala de estar. "No fim das contas, o que faz com que a indústria do videogame funcione são os games de sucesso", explicou Scott Steinberg, analista estratégico dos estúdios Phoenix Online. "Os atores do mercado tentarão impor seus melhores jogos para tentar estabelecer o domínio", acrescentou.


A Sony chegará ao salão E3 (de "Electronic Entertainment Expo" ou Exposição de Eletrônicos de Entretenimento) com alguma vantagem nesta guerra dos consoles: as vendas de seu PS4 superaram as do Xbox One desde que os dois consoles foram lançados no mercado, em novembro. No mês passado, a Microsoft reduziu o preço de seu Xbox One e tomou a decisão de vendê-lo sem seu sistema de comandos por voz e sem o sensor de movimento Kinect.


A Microsoft "pôs todas as suas cartas na mesa" no momento certo, apresentando o Xbox One como um dispositivo multifuncional para a casa, que pode ser usado para ver filmes, ouvir música e jogar videogame, avaliou James McQuivey, analista da empresa Forrester. Foi um grande risco", disse McQuivey. "Os jogadores puros não queriam nem saber se poderiam ver Netflix em seus consoles, mas a Microsoft sabe que poder assistir Netflix com seus dispositivos é muito importante".


- Vidas mais equilibradas -


Na calçada da frente, a Sony está claramente focada nos jogadores com seu PS4, embora seu console permita também ter acesso a filmes, música e televisão. Os games destinados exclusivamente ou ao PS4 ou ao Xbox One serão raros no E3, mas Microsoft e Sony farão o que for possível para se diferenciar do concorrente direto. Os especialistas acreditam que a Sony poderia se atrasar com seu capacete de "realidade aumentada".


"Se a Microsoft não conseguir alcançar a Sony em curto prazo, não conseguirá dominar o mercado no longo prazo", disse McQuivey. Os jogos mais badalados apresentados no salão E3 provavelmente serão novas versões de grandes clássicos como Call of Duty, Halo, Assassin's Creed, Far Cry e Resident Evil.


A Activision, desenvolvedora do jogo de tiros Halo, vai apresentar o que espera ser seu próximo campeão de vendas, chamado "Destiny". A empresa emergente Twitch, especializada em transmissores ao vivo online de competições de video game, tentará, durante o salão, combater os clichês que descrevem os jogadores como antissociais.
A Twitch revelou esta semana os resultados de uma pesquisa que mostra que os jogadores de games têm vidas mais equilibradas que os não jogadores.

 

"O velho estereótipo do jogador esquisitão e solitário não tem mais razão de ser", disse Neil Howe, da LifeCourse. "Está constatado que os jogadores de hoje são mais educados, mais otimistas, têm consciência social e são melhores nos relacionamentos com seus amigos e familiares do que os não jogadores", concluiu.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GAMES