Acusado de plágio, Flappy Bird rende 50 mil dólares por dia em propagandas

Jogo para mobile é cercado de polêmica e dinheiro

por Fernanda Machado 06/02/2014 17:46

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

App Store/Reprodução
Dificuldade masoquista é um dos atrativos de Flappy Bird (foto: App Store/Reprodução)
Extremamente difícil e viciante de uma forma quase inexplicável, Flappy Bird apareceu do nada e já lidera as listas de aplicativo gratuito mais popular no iOS e Android. E segundo uma entrevista do criador Dong Nguyen, ele está rendendo algo como US$ 50 mil por dia em propagandas. Isso significa que, se os números se manterem, em um mês ele terá feito US$ 1,5 milhão – aproximadamente R$ 3,75 milhões.

Google Play/Reprodução
Piou Piou, de 2011; a semelhança é bem clara (foto: Google Play/Reprodução)
Flappy Bird é absurdamente simples – Dong assume que desenvolveu tudo em menos de três dias. Mas existe algo além de sua simplicidade que está gerando polêmica: suas semelhanças fortes com outros jogos. O mais óbvio são os canos verdes típicos de Mario, que em Flappy Bird são os obstáculos que torturam seus jogadores. Segundo o criador, eles são uma homenagem ao clássico da Nintendo – e isso vale para toda a parte visual - mas a interpretação mais comum é de que se trata de plágio.

E além da questão visual, a própria jogabilidade de Flappy Bird é questionada: um aplicativo chamado Piou Piou vs. Catcus, lançado no Google Play em 2011, clama ter sido clonado. As semelhanças são inegáveis, mas é claro que nem um dos dois é baseado em uma ideia brilhante ou inédita.

Para quem quiser tirar suas próprias conclusões, Flappy bird está disponível gratuitamente no iOS e Android, enqanto Piou Piou está no Android é pode ser jogado em flash aqui.

As semelhanças e diferenças também podem ser vistas nestes dois vídeos:

 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GAMES