Estilistas dão dicas do que usar na noite de réveillon

Marcas lançam coleções com roupas para o réveillon que se destacam pela versatilidade e podem ser aproveitadas em qualquer época do ano, ainda mais com o look total white em alta

por Celina Aquino 12/12/2016 19:08

Alphorria/Divulgação
Um tecido leve, fluido, transparente deixa a mulher chique (foto: Alphorria/Divulgação)

Calma, leveza, tranquilidade e paz. Quem não quer começar o novo ano cercado de energia positiva? Por isso, o branco, que representa todos esses desejos, continua a ser a cor preferida dos brasileiros para o réveillon. Seguindo a tradição, as grifes não deixam de incluir na coleção de verão roupas claras que possam ser usadas na noite da virada. Muitas inovam em shape, textura, comprimento, mas dificilmente mudam a cor, o que é muito bom para a consumidora, que pode aproveitar as peças o ano inteiro, já que o look total white segue em alta.


ALPHORRIA/DIVULGAÇÃO
Alphorria (foto: ALPHORRIA/DIVULGAÇÃO)
A diretora-criativa da Alphorria Edna Thibau confirma que não dá para fugir do branco no réveillon. As clientes até aceitam trocar a cor da lingerie, mas não abandonam a tradição que se espalhou por todo o Brasil. Com isso, a marca mineira investe em peças versáteis, que possam ser usadas o ano inteiro. “Foi-se o tempo em que as mulheres compravam roupas para uma única ocasião, hoje em dia elas pensam em usá-las mais de uma vez. Pelo fato de a cor clara estar em voga, é uma oportunidade de levar o branco para o guarda-roupa”, pontua. O dourado aparece em alguns detalhes.


Como o tema da coleção de verão são as curvas de Minas, a Alphorria explora recortes geométricos, decotes, fendas e drapeados em peças que inspiram sensualidade e feminilidade. Edna acrescenta que prioriza muito o conforto, já que, na virada do ano, as mulheres não costumam usar roupas justas. “Percebo que as clientes querem passar o réveillon de forma mais leve e a marca sempre traz a fluidez, representada, por exemplo, por macacões de malha, que são um curinga para a ocasião. Gosto de roupas que carregam a personalidade da mulher, dependendo dos acessórios que ela escolhe”, analisa. Assim, a grife consegue transitar entre a informalidade da praia e a sofisticação dos bailes.

 

 

 

Henrique Falci/Divulgação
Jardin Jardin (foto: Henrique Falci/Divulgação)

Para não cair na mesmice, a estilista da Jardin Bhárbara Renault tenta sempre inovar em shapes e materiais. Dessa vez, ela aposta em texturas diferenciadas para compor looks surpreendentes de réveillon, como o couro sintético plissado e o jacquard com uma trama que se assemelha ao xadrez. “Em relação ao shape, pensei em peças mais ousadas, como uma saia midi bem ampla, que causa certa presença, além de amarrações interessantes e dobraduras”, destaca.


Por acreditar que as roupas de réveillon devem “conversar” com o restante da coleção, Bhárbara leva para os looks brancos exatamente os mesmos conceitos que trabalha nos coloridos. Nessa temporada, ela se inspirou na interação da arquitetura moderna brasileira com o cerrado nas quadras de Brasília. “Recortei peças de neoprene colorido em forma de plantas do cerrado e fiz aplicações a laser em uma camiseta de tecido que lembra tule”, exemplifica. Já os recortes coloridos em um vestido branco fazem referência à esquadria da fachada de um prédio e o couro plissado repete o padrão de uma persiana de alumínio, o que prova que até a escolha dos materiais é influenciada pelo tema da coleção.

 

Marcio Rodrigues/Divulgação
Fleche D'or (foto: Marcio Rodrigues/Divulgação)
A estilista da Fleche D’or Sabrina Costa lembra que é importante escolher uma produção adequada para o tipo de festa de réveillon. Na opinião dela, os tecidos fluidos, que são um dos hits do verão, levam um ar mais moderno para um look descontraído. A renda, apesar de não ser mais novidade, também é vista como alternativa para uma festa com os pés na areia. “A praia pede mesmo um look mais informal, mas, se a ocasião merecer uma roupa mais elegante, indico uma peça de alfaiataria. Temos muitos vestidos e macacões”, informa. A marca continua a apostar no branco para vestir as clientes.

 

PRAIA

 

 

Andrea Bogosian/Divulgação
Andrea Bogosian (foto: Andrea Bogosian/Divulgação)
 

Como sempre visualiza o réveillon na praia, a estilista Andrea Bogosian investe em roupas confortáveis, que possam ser usadas tanto com rasteira quanto com salto alto. Pela primeira vez, a seda apareceu em sua coleção. “Sempre tive vontade de trabalhar com seda, que combina bastante com o verão. É um tecido leve, fluido, transparente e deixa a mulher chique”, defende. Nas araras, os destaques são uma pantacourt de lese rendada e rebordada a mão, um bolero com franjas de seda e vidrilho, que pode ser jogado em cima de outra roupa, e um cardigan longo de tricô, que a estilista sugere usar com uma peça justa e curta, para dar um ar mais misterioso ao look.

 

 

 

 Veja outros looks para a grande noite

 

Weber Padua/Divulgação
Arte Sacra (foto: Weber Padua/Divulgação)
 

Weber Padua/Divulgação
Frutacor (foto: Weber Padua/Divulgação)
 

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE FEMININO