Festival Saci oferece programação voltada para crianças e papais

Museus e espaços culturais dão a chance para os pais aproveitarem o tempo livre com os filhos durante as férias escolares

por Mariana Peixoto 21/07/2017 08:30

Janaina Lima/Divulgação
Programação inclui atividades no Circuito Cultural da Praça da Liberdade e em outros espaços da capital e da Região Metropolitana. (foto: Janaina Lima/Divulgação)

 

Para quem foi criança na década de 1980, ele é Jairzinho, o garoto de voz doce que integrou a Turma do Balão Mágico em sua formação clássica, com Tom, Mike e Simony. Para as crianças de hoje, ele é o pai de Isabela e Laura.

A partir do nascimento de sua primogênita, em 2007, Jair Oliveira e a mulher, a atriz Tânia Khalill, deram os primeiros passos no projeto Grandes pequeninos. A iniciativa multiplataforma, que engloba canal no YouTube, espetáculo, disco e livros, chega a BH no fim de semana, abrindo a programação de shows do Festival Saci – Sociabilização, Arte e Cultura na Infância, que será realizado até 30 de julho, durante as férias escolares.

A agenda inclui shows (concentrados no Teatro Sesiminas, parceiro do evento) e uma série de atividades gratuitas (oficinas, mostra de cinema, rua de lazer) em espaços públicos.

''A cada ano a gente faz o festival de um jeito. Este é o ano da crise, em que comprar pipoca custa muito para uma família de classe média. Então, o grande desafio para a cultura é a própria continuidade dos eventos. Estamos conseguindo driblar a maré'', comenta a produtora Mônica Simões, diretora do Saci.

Várias atrações são inéditas em BH. A começar pelo show Grandes pequeninos, que será realizado neste sábado, 22, às 16h, no Sesiminas. No palco, Jair Oliveira e Tânia Khalill não contarão com a participação das filhas, que integram o elenco dos vídeos e do programa de TV.

''É um show, que estreou em fevereiro em São Paulo, em cima das músicas do CD Volume 2. Acompanhados de um músico, vamos encenando as canções'', comenta Jair, de 42 anos. As canções são de autoria dele. ''Quando estava no Balão Mágico, era criança, não tinha controle artístico. Já o Grandes pequeninos foi criado pelos pais de duas meninas. Minhas canções são feitas sob o prisma de um pai, tento passar uma mensagem de amor, respeito e carinho, pois é que o faço genuinamente pelas minhas famílias.''

 

Xixi, cocô e pum foi composta para tirar a fralda de Laura, a caçula. ''Já Normal é ser diferente, que fala de inclusão, tem sido usada em trabalhos de escola. Ou seja, algo que fiz para minhas filhas está atingindo um outro universo, o que me dá grande alegria'', acrescenta Jair.


NOSTALGIA

Outro show inédito em BH tem uma veia mais nostálgica. No dia 28, a trupe pernambucana do Coisinha chega à cidade. No palco, velhos conhecidos da música pop: China e a banda Mombojó, além de Lula Lira, cantora e atriz, filha de Chico Science (1966-1997).

Pai de dois adolescentes, China, de 37, sentia-se incomodado com a falta de tempo dos pais para brincar com os filhos. ''Percebo crianças em iPad e telefones. Perdeu-se um pouco a magia de o filho ver você como um herói'', comenta.

Há seis anos, então o único ''pai de família'' da turma, o cantor chamou os amigos do Mombojó (que formam o projeto Del Rey, dedicado ao repertório de Roberto Carlos) e Lula Lira para criar um show para crianças.

''O repertório tem do cancioneiro infantil de uma época anterior à nossa, que está se perdendo (Sambalelê e Sapo Cururu, por exemplo), até músicas de quando éramos crianças, como do Balão Mágico'', conta China. O grupo passou a compor material autoral. O álbum está previsto para breve

''A galera que virou pai, como eu, continua gostando de música. E é importante inserir o filho no nosso universo, participar dele com a criança. É por isso que projetos infantis têm acontecido com mais frequência'', acrescenta China.

Outra banda para crianças formada por adultos famosos é Pequeno Cidadão. Velho conhecido do público de BH, o trio capitaneado por Edgard Scandurra, Taciana Barros e Antônio Pinto vai lançar no Saci seu novo CD, Vem dançar!.

''A verdade é que é um saco deixar filho brincando em loja de shopping'', resume China. Não há como discordar.


BH KIDS


>> MM Gerdau Museu das Minas e do Metal
Praça da Liberdade (Prédio Rosa), Funcionários, (31) 3516-7200
Até 29/7, Férias no Museu, com contação de histórias, oficinas e brincadeiras. A programação gratuita é realizada em horários diversos, de terça-feira a sábado. Informações: mmgerdau.gov.br

>> Memorial Minas Gerais Vale
Praça da Liberdade, Funcionários,
(31) 3308-4000
De 25 a 27/7, das 14h às 17h, oficina Criando games, com Gustavo Rodrigues. Dia 28/7, das 14h às 16h, ação educativa Plantando vozes e cultivando gestos, para crianças de até 6 anos (acompanhadas de um adulto). Entrada franca. Informações: memorialvale.com.br

>> Espaço do Conhecimento

Praça da Liberdade, 700, Funcionários,
(31) 3409-8350
Até 30/7. Sessões de Da Terra ao universo (11h); oficina Teatro dos Planetas (quarta-feira e sábado); oficina Espectroscópio (terças e sextas-feiras). Entrada franca. Planetário: R$ 6 e R$ 3 (meia). Informações: espacodoconhecimento.org.br

>> CCBB
Praça da Liberdade, 450, Funcionários, (31) 3431-9400
Até 31/7, visitas mediadas à exposição O corpo é a casa (de manhã e à tarde); contação de histórias (fins de semana, às 14h e às 16h); oficinas e atividades destinadas às crianças, como encontros sobre educação financeira (fins de semana, em vários horários). Entrada franca. Veja a agenda de teatro na página 6

>> Museu Mineiro
Avenida João Pinheiro, 342, Funcionários, (31) 3269-1103
Sábado, às 14h, Caça ao tesouro no museu (10 crianças, até 12 anos, acompanhadas dos pais); dias 25 e 27/7, tarde de brincadeiras, a partir das 14h (também até 12 anos). Entrada franca. Informações: museumineiro.mg.gov.br

>> ItaúPower Shopping
Av. David Sarnoff, 5.160, Contagem,
(31) 3329-3006
Até 30/7, sessões gratuitas (diariamente, das 13h às 21h) da Nave Planetária, planetário móvel com capacidade para 50 pessoas

>> Museu dos Brinquedos

Av. Afonso Pena, 2.564, Funcionários, (31) 3261-3992.
Até 31/7, de segunda-feira a sábado. Ateliê de arte e brinquedoteca (10h às 16h); exposição (10h às 17h) e colônia de férias (segunda a sexta, das 13h às 17h30). Museu: R$ 24 e R$ 12 (meia). Colônia de férias: R$ 65 (por dia) e R$ 280 (por semana)

>> Museu de Ciências Naturais PUC Minas
Av. Dom José Gaspar, 290, Coração Eucarístico, (31) 3319-4152.
Até 29/7, atividades das 9h às 17h: exposições, pintura e confecção de réplicas, trilha na mata, escavação paleontológica, espeleologia e mágica. Entrada franca. Retirada de senha a partir das 9h e das 13h. Ingressos para o museu: R$ 10 e R$ 5 (crianças de 4 a 12 anos e maiores de 60)

FESTIVAL SACI

De sábado (22/7) a 30/7. Informações: (31) 3227-7331 e 
www.festivalsaci.com.br

SHOWS


» Teatro Sesiminas
Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia,
(31) 3241-7181.
Ingressos: www.tudus.com.br
Sábado (22/7): Grandes pequeninos
(Jair Oliveira e Tânia Klalill), às 16h.
R$ 70 e R$ 35 (meia)
Domingo (23/7): Circo Marimbondo show
(homenagem ao Clube da Esquina),
às 16h. R$ 30 e R$ 15 (meia)
Dia 27/7: Beatles para crianças,
às 19h. R$ 70 e R$ 35 (meia)
Dia 28/7: Coisinha (com China,
Mombojó e Lula Lira), às 19h. R$ 40
e R$ 20 (meia)
Dia 29/7: Dinossauros e pelancas,
às 16h. R$ 30 e R$ 15 (meia)
Dia 30/7: Pequeno Cidadão
(lançamento do CD Vem dançar!),
às 16h. R$ 70 e R$ 35 (meia)

DE GRAÇA

» Parque Serra do Curral

Av. José do Patrocínio Pontes, 1.951,
Mangabeiras. Domingo (23/7), das 9h às 12h, exposição, oficinas, aulas de dança e yoga para gestantes, entre outras atividades

» Praça Floriano Peixoto, Santa Efigênia
Dia 29/7, das 9h às 12h, cortejo com o bloco de carnaval Fera Neném e apresentação da Orquestra Jovem Sesiminas

» Rua Padre Marinho, Santa Efigênia Dia 30/7, das 9h às 12h, rua de lazer com oficina de circo, brincadeiras e show de Marina Machado e Celinha Braga

» Brinquedoteca e Mostra de Cinema

De 27/7 a 30/7, no Centro Cultural Sesiminas, haverá uma série de atividades (dias 27 e 28, das 14h às 19h; dia 29, das 14h às 16h; e dia 30, das 9h às 12h e das 14h às 16h).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS