Reduto alternativo de BH, Gruta encerra atividades neste fim de semana

Com direito a leilão das peças de decoração, casa de shows localizada no Horto terá hoje e amanhã suas duas últimas festas

por Pedro Galvão 31/03/2017 15:39

Zi Reis/ Divulgação
Interior do espaço localizado na Rua Pitangui (foto: Zi Reis/ Divulgação)
Foram seis anos de shows, festas, performances, intervenções e outras manifestações artísticas que tinham em comum a busca pela liberdade. Neste fim de semana, a Gruta, localizada na Rua Pitangui, ao lado do Galpão Cine Horto, vai fechar as portas.


“Não é à toa que chamamos Casa de Passagem, vamos entendendo as coisas na vivência, desejamos construir novos lugares, novas histórias e sempre pensando no como, como se ocupar, a Gruta transbordou, o público hoje é maior do que cabe nela, temos a necessidade de repensar esse ponto. repensar a localização, para não gerar incômodo para os vizinhos, é repensar o hoje”, explica Joyce Malta, que ao lado de Admar Fernandes comanda o coletivo Casa de Passagem, responsável pela idealização e operação da casa.

 

Vanguarda na cidade nos eventos culturais atrelados às causas LGBT, feministas, entre outras temáticas ligadas à liberdade individual, sexual e existencial, a Gruta ganhou notoriedade por fomentar iniciativas culturais e oferecer espaço para ensaios, oficinas e realização de eventos.

 

“Quando a gente começou era bem diferente, não existia uma noite como a da Gruta, não existia esse espaço de liberdade na madrugada com uma programação mais independente, isso é meio recente, fizemos parte dessa transformação, de se sentir à vontade para ocupar espaços e ir para a rua, estamos nesse movimento, junto com o carnaval, colaboramos com isso, como um espaço de resistência”, explica Joyce, destacando alguns trabalhos artísticos que usaram a Gruta para se financiar, como os coletivos Bacurinhas, Toda Deseo e Dengue, que realizou ali algumas edições do Duelo de Vogue, além de artistas da música como Iconilli e Veronez.

 

Para se despedir do público, a Gruta preparou uma programação com algumas das atrações mais frequentes na casa nesses seis anos de funcionamento. Nesta sexta (31/3) acontece a festa Des-Generalizando, voltada para o protagonismo feminino, com as DJs Shaitemi Muganga, Pat Manoese e Paola Rodrigues, além de intervenções da performance No Porrrn do Coletivo Transborda. Antes da festa, a partir das 20h, rola um leilão onde os frequentadores terão a oportunidade de adquirir peças da decoração do local.

 

No sábado será a vez da festa Até o Caroço, com apresentações dos projetos musicais Céu de Criola e Obscenidades na Pista, além de intervenções do coletivo Bacurinhas e do duelo “de egos” entre as MCs Petra Von Kant e Paola Bracho.

 

Serviço

Des-Generalizando - sarauleilãofesta!

Sexta-feira, 31 de março, às 20h

R$15

Página do evento no Facebook

 

Até o Caroço - Pra Despir Sábado, 1º de abril, às 21h

R$10 até 23h, R$15 até 00h e R$20 após 0h01

Página do evento no Facebook 

 

Endereço: Rua Pitangui, 3613, Horto

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS