Estilista declara que Kate Middleton foi a derrocada de sua marca

Em entrevista, Daniella Helayel culpa a Duquesa de Cambridge pelo fim da marca Issa

por Estado de Minas 22/02/2017 17:43
AFP/Reprodução
Kate Middleton com vestido Issa, marca de Daniella Helayel. (foto: AFP/Reprodução)
Em 2010, o Príncipe William deu à então sua namorada, Kate Middleton, um anel de noivado, anunciando, oficialmente, um dos casamentos mais celebrados do século XXI. Na ocasião, Kate, hoje Duquesa de Cambridge, usava um vestido azul da grife Issa, da carioca Daniella Helayel. Sete anos depois, a estilista revela que este episódio foi responsável pelo fim da marca. 

Em entrevista ao Daily Mail, Daniella revelou que, apesar de ter sido uma grande sorte ter a Princesa como cliente, depois do noivado a Issa não conseguiu cumprir a demanda. ''Um dia depois do anúncio do noivado nossas vendas dobraram. Eu não tinha dinheiro suficiente para financiar a produção em grande escala. O banco me recusou um empréstimo e a fábrica estava pedindo para que eu pagasse as contas pendentes. Eu precisava de um investidor'', disse. 

Daniella vendeu 51% da grife para Camilla Al-Fayed, filha do magnata egípcio Mohamed Al-Fayed. A parceria, no entanto, foi um desastre. ''Eu precisava vendar para financiar o crescimento da marca, então eu não tinha outra opção. Eu conheci Camilla quando ela tinha 19 anos e me pareceu uma ótima oportunidade''. 

Em 2011, as duas anunciaram que comandariam a Issa juntas. ''No começo foi bom - Camila era muito organizada'', conta Daniella. ''Contudo, em 2012, um novo CEO foi contratado e as coisas começaram a ir para uma outra direção que não funcionava para mim''. 

Daniella continuou na grife até maio de 2013 até ser substituída pela desgner Blue Farrier. Dois anos depois, a marca encerrou suas atividade. 

''Eu sai porque não conseguia aguentar mais'', revela. ''Era tão estressante que os meus cabelos ficaram brancos e começaram a cair. Eu estava quebrada. Eu tinha uma ótima empresa, que eu construí sozinha por uma década. Assistir isso sucumbir foi de quebrar o coração.''

Depois de tudo isso, ela revela que ficou dois anos sem trabalhar no ramo. Agora, ela se prepara para voltar ao mundo da moda com a etiqueta Dhela. ''Eu decidi chamar assim porque é um jogo com o meu nome e também significa 'dela'. É uma marca com uma verdadeira encarnação de mim e do meu trabalho'', declara. 



 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS