Papa Francisco se reúne com Martin Scorsese

Diretor de 'Os infiltrados' teve audiência privada com o pontífice no Vaticano. Os dois conversaram sobre 'Silêncio', novo filme do cineasta

por Ansa 30/11/2016 11:53

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP
(foto: AFP)

O papa Francisco se reuniu nesta quarta-feira (30) com o diretor de cinema norte-americano Martin Scorsese, vencedor do Oscar por Os Infiltrados. Considerado um dos melhores cineastas de todos os tempos, Scorsese visitou o líder católico no Vaticano, acompanhado de sua família.

 

De acordo com a Santa Sé, o encontro ocorreu em "clima cordial" e o Papa contou ter lido o livro Silêncio, escrito pelo japonês Shusaku Endo, e que inspirou o último filme de Scorsese. Eles também conversaram sobre os jesuítas no Japão e sobre o "Museu dos 26 Mártires".

 

O cineasta presenteou o Papa com dois quadros, enquanto Francisco retribuiu com rosários. Martin Scorsese tem 74 anos de idade e os filmes Taxi Driver, O Aviador, Gangues de Nova York e O Lobo de Wall Street no currículo.

 

Silêncio tem estreia mundial prevista para janeiro de 2017 e relata a história dos missionários jesuítas portugueses do século XVIII, testemunhas das torturas às quais os japoneses convertidos eram submetidos.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS