MP pede indenização à prefeitura de Canindé por morte de Domingos Montagner

Monumento e escola de circo deverão ser criados em homenagem ao ator

por Estado de Minas 21/09/2016 09:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Inácio Moraes/Gshow
Ator dedicou parte de sua vida ao circo (foto: Inácio Moraes/Gshow)

A morte de Domingos Montagner levou o Ministério Público Federal (MPF) em Sergipe a solicitar à Prefeitura de Canindé de São Francisco uma indenização por dano moral coletivo. O ator se afogou no Rio São Francisco, em uma região que não havia sinalização indicando o perigo. Segundo o MPF em comunicado, houve "omissão do poder público tanto pela falta de equipamentos de segurança no local quanto pela ausência de autorização de uso da área pela [Superintendência de Patrimônio da] União". Obras de urbanização estão sendo realizadas na Prainha do Rio São Francisco desde julho deste ano.

Lívia Tinôco, procuradora da República responsável pelo caso, pede à prefeitura que implemente um monumento referente às atividades circenses, além da criação de uma escola de circo na cidade. Domingos atuou no circo durante toda sua carreira e foi responsável, ao lado de Fernando Sampaio, pela formação do grupo de teatro LaMínima e do Circo Zanni.

Moradores da região do Canindé planejam realizar uma missa de sétimo dia nessa quarta-feira, 22/09, nas proximidades do local onde Domingos se afogou. A cerimônia deverá contar com parte do elenco da novela Velho Chico.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS