10 curiosidades que talvez você não saiba sobre Elke Maravilha

por Juliana Sodré 16/08/2016 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
  1.  Nasceu na Rússia e se mudou para o Brasil ainda na infância. Era filha de uma alemã com um russo.

  2. Passou a infância em Itabira e a adolescência em Jaguaraçu, ambas cidades de Minas Gerais.

  3. Elke falava nove idiomas: russo, português, alemão, italiano, espanhol, francês, inglês, grego e latim.

  4. Em 1962, foi escolhida Glamour Girl em Belo Horizonte, durante evento nobre da sociedade à época.
    Arquivo Estado de Minas
    Glamour Girl em Belo Horizonte, 1962 (foto: Arquivo Estado de Minas)


  5. Em 1972, foi presa no Aeroporto Santos Dumont no Rio ao arranacar e rasgar cartazes com fotos de procurados pela ditadura. As fotos estampavam o filho da amiga Zuzu Angel, Stuart Angel, que todos sabiam ter sido torturado por aqueles que diziam estar procurando-o. Foi liberada seis dias depois por pressão da classe artística e influência da própria Zuzu Angel.

  6. Com isso, perdeu a nacionalidade brasileira. Viiveu anos no país apátrida e só depois conquistou novamente a cidadania alemã. Assim era russa despatriada, brasileira cassada e alemã tempos depois.

  7. Namorou Bóris Feldman, ex-colunista do Jornal Estado de Minas, engenheiro e jornalista, editor do site Auto Papo.
    Rafael Motta / TV Alterosa / DA Press
    Ex-colunista do Jornal Estado de Minas já namorou Elke Maravilha (foto: Rafael Motta / TV Alterosa / DA Press)


  8. Elke se casou oito vezes e nunca teve filhos.

  9.  Fez faculdade de Letras, se formou professora, tradutora e intérprete de línguas estrangeiras.

  10.  Antes da fama trabalhou como bancária, secretária trilíngue e bibliotecária. Foi também a mais jovem professora de francês da Aliança Francesa e de inglês na União Cultural Brasil – Estados Unidos


 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS