Musical homenageia a rainha do samba Clementina de Jesus

'Clementina, cadê você?' está em cartaz neste fim de semana no Cine Theatro Brasil

por Ana Clara Brant 06/05/2016 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pedro Murad/divulgação
(foto: Pedro Murad/divulgação)
A fluminense Clementina de Jesus (1901-1987) era neta de escravos, trabalhou como doméstica e foi descoberta como cantora aos 63 anos. Apelidada Rainha Quelé, foi uma das grandes damas da música popular brasileira e, sobretudo, do samba.


No fim de semana, Belo Horizonte recebe o musical Clementina, cadê você?, com texto de Pedro Murad, direção de Duda Maia e direção musical de Pedro Miranda. Ana Carbatti faz o papel da cantora, ao lado de cinco atores-músicos: Bruno Barreto, Bruno Quixotte, Sergio Kauffmann, Vidal Assis e Wendell Bendelack.

Ana Carbatti conta que sempre amou MPB, mas conhecia apenas superficialmente o trabalho de Clementina. Depois de pesquisar sua vida, tornou-se fã. “Ela carregou, antes e depois da fama, a mesma essência, o mesmo jeito de encarar a vida. Sempre foi extremamente afetuosa e alegre. Não é porque ficou conhecida até na França que deixou de morar no mesmo lugar, ter o mesmo padrão de vida e de conviver com as mesmas pessoas. Isso é admirável, ainda mais nos dias de hoje. Clementina de Jesus era a anticelebridade”, resume.

No musical, a atriz interpreta, canta, dança e toca instrumentos, assim como os colegas. São 25 canções, nem todas apresentadas na íntegra, acompanhadas por pandeiro, cavaquinho, violão, tam-tam, flauta e tambor.

“Geralmente, musicais trazem atores cantando com uma banda de suporte. Em Clementina, cadê você?, são seis pessoas que fazem tudo. É um teatro bem profundo e completo”, garante a intérprete de Quelé.

CLEMENTINA, CADÊ VOCÊ?
Amanhã e domingo, às 18h e às 20h. Cine Theatro Brasil Vallourec. Praça Sete, s/nº, Centro. R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Classificação indicativa: 12 anos. Informações: (31) 3201-5211.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS