Flip anuncia programação; Karl Ove Knausgård, Svetlana Alexievich e Irvine Welsh são confirmados

A 14ª edição da festa literária ocorrerá entre os dias 29 de junho e 3 de junho em Paraty (RJ). Os ingressos custam R$ 50 e já estão à venda

por Agência Estado 03/05/2016 11:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO / GUILLERMO LEGARIA
A jornalista bielorrussa Svetlana Alexievich está entre os nomes confirmados para a Flip, que começa mês que vem (foto: AFP PHOTO / GUILLERMO LEGARIA)
A Festa Literária Internacional de Paraty anunciou nesta terça-feira, 3, a sua programação completa: entre os nomes confirmados, estão o norueguês Karl Ove Knausgård, o escocês Irvine Welsh, o norte-americano Bill Clegg, a bielorrussa Svetlana Alexievich, o mexicano Álvaro Enrigue, o neurocirurgião inglês Henry Marsh e as brasileiras Heloisa Buarque de Hollanda, Suzana Herculano-Houzel e Juliana Frank.

A 14ª Flip ocorre entre os dias 29 de julho e 3 de junho em Paraty, no litoral fluminense. Os ingressos já estão a venda, custam R$50, e podem ser adquiridos na web (ticketsforfun.com br), por telefone ou em pontos de venda em São Paulo, Rio e Paraty.
Neste ano, não ocorrerá o tradicional show de abertura (que em 2015 já havia sido um evento menor dentro da programação).

Após a mesa de abertura, às 19h de quarta-feira (29/6), intitulada "Em Tecnicolor", com Armando Freitas Filho e o cineasta Walter Carvalho, será exibido o filme Manter a linha da cordilheira sem o desmaio da planície, que Carvalho fez sobre o poeta. Um sarau de "autores selecionados entre todas as programações da Flip" está programado a seguir.

No total, são 39 autores convidados divididos em 23 mesas sobre "poesia, ensaio, humor e sexo, jornalismo, ciência, arquitetura, psicanálise, a obra de Ana C. e sua influência na literatura contemporânea", de acordo com o comunicado da Flip.

A 14ª Flip tem curadoria de Paulo Werneck, é organizada pela organização Casa Azul e conta com leis de incentivo à cultura do Governo do Rio, da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, e do Ministério da Cultura, e com patrocínios de Itaú, BNDES e Petrobrás.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS