Academia Mineira de Letras promove especial em homenagem a Franz Kafka

Mostra traz à capital mineira um pouco da vida e da obra de um dos autores mais influentes do século 20

por Ana Clara Brant 01/05/2016 09:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fernanda Galibi/Divulgação
(foto: Fernanda Galibi/Divulgação)
A metamorfose é o livro mais conhecido e estudado do escritor tcheco Franz Kafka (1883-1924). A obra-prima conta a história do caixeiro-viajante Gregor Samsa, que, certo dia, acorda e se vê transformado em um inseto monstruoso. A partir daí, a trama alia realismo, o inverossímil e senso de humor ao trágico, grotesco e cruel da condição humana. Em 2015, é comemorado o centenário do romance de Kafka. %u201CNa primeira vez que o lemos, não há como não sofrer impacto, pois a narrativa nos coloca em situações estranhas e até provoca uma certa angústia. O leitor se vê no lugar do protagonista%u201D, afirma o editor, gestor cultural e crítico literário Reynaldo Damazio, curador da exposição Um corpo estranho %u2013 Centenário de publicação de A metamorfose, em cartaz até fim de junho na Academia Mineira de Letras (AML). Depois de quatro meses na Casa das Rosas %u2013 Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, em São Paulo, a mostra traz à capital mineira um pouco da vida e da obra de um dos autores mais influentes do século 20. Propõe a releitura de A metamorfose a partir do diálogo entre texto, diários, o livro Carta ao pai e autores ligados ao legado kafkiano. %u201CComo a gente não tinha nada relacionado ao Kafka para fazer algo mais convencional, como livros, fotos ou objetos pessoais, optamos por trabalhar o texto%u201D, explica. Há três núcleos expositivos. Os ambientes oferecem sonorização e atmosfera especial para que o visitante mergulhe no universo de pessimismo, dúvidas, estranhamento, insegurança e transformação presente na obra de Kafka. Há também algumas surpresas. %u201CUm dos destaques é a sala inspirada no quarto de Gregor Samsa, cenário muito importante da história, onde se passa quase toda a ação. Fizemos um labirinto com trechos da narrativa. Um espelho distorce a imagem para que o visitante tenha a noção de metamorfose%u201D, afirma Damazio. A Academia Mineira de Letras preparou programação especial em homenagem ao autor. Além da abertura, hoje, amanhã, às 19h30, o curador Reynaldo Damazio fará a palestra Literatura e dramaturgia %u2013 Kafka. Às 20h20, haverá debate sobre expografia para projetos de literatura com o museólogo Ivanei Silva. UM CORPO ESTRANHO Exposição alusiva ao centenário de publicação de A metamorfose, de Franz Kafka Visitação até 25 de junho, de terça-feira a sábado, das 9h às 19h. Academia Mineira de Letras. Rua da Bahia, 1.466, Lourdes. Entrada franca. HOJE Das 9h às 19h %u2013 Abertura e visita guiada AMANHÃ 19h30 %u2013 Palestra Literatura e dramaturgia %u2013 Kafka, com o curador Reynaldo Damazio 20h20 %u2013 Debate sobre expografia para projetos de literatura, com o museólogo Ivanei Silva

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS