Ferreira Gullar troca de editora e planeja reedição de obra para segundo semestre

Autor muda de José Olympio para Companhia das Letras; saída de amiga pode ter motivado transferência

por Agência Estado 19/01/2016 19:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Depois de décadas publicando seus livros pela José Olympio, do Grupo Record, Ferreira Gullar fecha contrato com a Companhia das Letras. A editora pretende iniciar a reedição da obra do poeta já no segundo semestre, com Poema Sujo, que completa 40 anos em 2016.
Fernando Frazao/Agência Brasil
(foto: Fernando Frazao/Agência Brasil )
A saída de Maria Amélia Mello da José Olympio, editora e amiga de Gullar, pode ter motivado a decisão do poeta. Na Autêntica desde fevereiro de 2015, ela chegou a editar, dele, Autobiografia Poética e a reeditar O Formigueiro.

Agora, a Companhia das Letras pretende relançar todos os títulos com novos textos críticos. Não há informações sobre inéditos.

Prêmio Camões de 2010 e imortal da Academia Brasileira de Letras desde dezembro de 2014, Ferreira Gullar, de 85 anos, é um dos principais nomes da poesia brasileira contemporânea. É autor, ainda, de Em Alguma Parte Alguma, Na Vertigem do Dia, Dentro da Noite Veloz, entre outros títulos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS