Projeto da UFMG vira livro, DVD e série de TV

Maria Bethânia foi uma das convidadas e, em vez de cantar, a baiana declamou poesia.

por Ana Clara Brant 16/12/2015 11:46

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Leandro Couri/EM
Bethânia em Diamantina, em 2013, na apresentação que está no DVD (foto: Leandro Couri/EM)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) que gerou frutos importantes e, hoje, está resultando em um livro, um DVD e até uma série de TV. O projeto Sentimentos do mundo foi criado para celebrar os 80 anos da instituição e tinha o objetivo de promover apresentações artísticas e conferências com renomados intelectuais e pesquisadores internacionais, de diversas áreas do conhecimento, reconhecidos pela contribuição ao seu campo de atuação.


Maria Bethânia foi uma das convidadas, mas os organizadores queriam algo diferente da cantora. Em vez de cantar, a baiana declamou poesia. “Bethânia acabou refinando e aperfeiçoando este espetáculo em que mescla versos e música e o apresentou em vários lugares do Brasil e até no exterior”, destaca a historiadora e professora da UFMG Heloísa Starling. Ao lado da própria artista, do diretor da Editora UFMG, Wander Melo Miranda, e do artista gráfico, designer e cenógrafo Gringo Cardia, Heloísa idealizou o Cadernos de poesia, livro que reúne poemas, canções e textos literários selecionados pela cantora e é ilustrado com obras de renomados artistas plásticos brasileiros. A obra será lançada hoje no Rio de Janeiro, e em março, na abertura do ano letivo da UFMG, com a presença da intérprete que deu início ao projeto.

 

Heloísa Starling lembra que a cantora sempre valorizou sua formação em escola pública, o que ela faz questão de frisar em suas apresentações e reforça ao dedicar Cadernos a duas mestras de sua vida, as professoras Thereza Aragão e Violeta Arraes. “Alguns exemplares desse projeto serão doados para escolas das redes municipal e estadual do país, a começar por Minas Gerais”, acrescenta a historiadora.

 

O livro vem acompanhado de DVD, produzido pelo selo Quitanda e distribuído pela gravadora Biscoito Fino, com a interpretação dos textos por Maria Bethânia, ilustrada com recursos de animação gráfica. O vídeo foi gravado em 2013, durante o Festival de História de Diamantina (fHist), e tem direção assinada por Gringo Cardia, que também assina o projeto gráfico do livro. Heloísa Starling lembra que a publicação terá outro desdobramento: uma série de TV com a participação de Bethânia, historiadores e acadêmicos já começou a ser gravada e deve ir ar ao no segundo semestre de 2016 no canal Arte 1. 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS