Exposição sobre violência doméstica é cancelada em Pequim

Mais de 60 artistas contribuíram para preparar esta exposição que deveria ser inaugurada nesta quarta-feira, Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher

por AFP - Agence France-Presse 27/11/2015 10:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP Photo/Greg Baker
A galleria Gingko Space, em Pequim, onde seria exibida mostra contra violência doméstica, (foto: AFP Photo/Greg Baker)
Os organizadores de uma exposição dedicada à violência conjugal prevista em Pequim denunciaram o cancelamento do evento em cima da hora, atribuindo culpa ao governo chinês. Segundo o curador da exposição, Cui Guangxia, que citou uma fonte próxima à galeria onde ocorreria o evento, o cancelamento ocorreu devido a falta de "autorização dos serviços competentes".

Mais de 60 artistas contribuíram para preparar esta exposição que deveria ser inaugurada nesta quarta-feira, Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher, apoiado pela ONU.

Uma funcionária da galeria afirmou que não estava em condições de explicar os motivos do cancelamento, esclarecendo que as obras de arte seriam devolvidas aos artistas.

Para Cui, os temas da exposição - o feminismo e violência conjugal - são as prováveis causas para o cancelamento.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS