Caco Ciocler e Carmo Dalla Vecchia estrelam adaptação de Shakespeare em BH

Releitura do clássico em 'Caesar! Como construir um império', cai como uma luva para o Brasil marcado pela polarização

por Carolina Braga 06/11/2015 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Leekyung Kim/Divulgação
Os atores Caco Ciocler e Carmo Dalla Vecchia, o pianista Vladimir Safatle na peca 'Caesar! Como construir um império', com direcao de Roberto Alvim (foto: Leekyung Kim/Divulgação)
Caco Ciocler vai estrear em Belo Horizonte de mão quebrada. “Até pedi para fazerem uma tala preta, porque aí combina com o figurino”, brinca. Na última noite da temporada paulistana da peça Caesar! Como construir um império, o ator se empolgou. “Dei um murro no chão”, lembra, ao descrever o calor da cena. É este espetáculo que chega ao Teatro Marília, na programação da Mostra Gandarela Cultural.

 
A peça é uma adaptação de Julius Caesar, de William Shakespeare, assinada pelo diretor Roberto Alvim. Caco divide a cena com Carmo Dalla Vechia. O texto original é considerado obra-prima do teatro político. Trata-se de uma tragédia épica sobre o homem público diante das contradições do poder.

Uma dica de Caco Ciocler: desista de “entender” esta peça . “Tire essa preocupação da frente, permita-se uma experiência muito mais sensorial”, recomenda. Segundo ele, os comentários depois das sessões na capital paulista foram de que Caesar!... tem potência. “O mundo não é mais sobre o entender. Se você olhar um quadro do Picasso e disser ‘vou entender isso’, você dança. Estamos propondo uma outra postura”, reforça.

Caco e Carmo se dividem nos papéis de Júlio César, Brutus, Marco Antônio e Cássio. A instabilidade gerada pela alternância de discursos entre eles é uma das opções estéticas adotadas por Roberto Alvim. Foi uma forma de mostrar como os discursos são mutantes. “Hoje, o que era da oposição virou da situação e vice-versa. É pura sacada do Alvim”, elogia Caco.

TENSÃO O cenário é formado por uma montanha de moedas, que simboliza o poder. O músico Vladimir Safatle executa a trilha sonora ao vivo, determinando a tensão da cena. “Como a pesquisa do Alvim já vem de anos, ele sabe muito rapidamente como quer fazer. Nosso trabalho durante o ensaio foi entender como podemos habitar esses personagens”, explica Caco.

O ator recebeu o convite para fazer a peça sem ter lido a versão original de Shakespeare. “Quando li, me dei conta de que estamos vivendo exatamente a mesma coisa. Essa polarização raivosa tem me incomodado muito. Antes de ouvir o que os outros têm a dizer, já querem saber para quem você torce. O texto fala disso”, conclui Caco.

CAESAR! COMO CONSTRUIR UM IMPÉRIO
Com Caco Ciocler e Carmo Dalla Vecchia. Nesta sexta, às 21h; Sábado, às 20h. Teatro Marília, Avenida Alfredo Balena, 256, Santa Efigênia, (31) 3277-4697. R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS