Arte Sem Fronteiras: espetáculo comprova que deficiência não limita talento

Trio de artistas se apresenta nesta quinta-feira, 29, na PUC Minas

29/10/2015 09:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Acervo pessoal
Portadora de paralisia cerebral, a artista plástica Kátia Santana é integrante do trio (foto: Acervo pessoal)
O grupo Arte Sem Fronteiras, formado por três autores com deficiência física, faz espetáculo baseado em histórias de superação. Nesta quinta-feira, 29, Evaldo Nogueira (deficiente visual), Márcio Batista (portador de prótese nas pernas) e a artista plástica Kátia Santana (portadora de paralisia cerebral) comprovarão que o talento supera as limitações.

 

A abertura ficará a cargo do ator e diretor Luciano Luppi. A sessão começa às 9h, no Auditório do Museu de História Natural, no câmpus da PUC Minas (Rua Dom José Gaspar, 290, Bairro Coração Eucarístico). Em 8 de novembro, eles se apresentam às 16h, no Teatro Sesi Holcim (Rua Padre. Marinho, 60, Sta. Efigênia). Em 3 de dezembro, às 15h, será a vez do Centro Cultural Salgado Filho (Rua Nova Ponte, 22, Bairro Salgado Filho).



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS