Amigo que inspirou Cebolinha ganha a vida como pintor; Cascão é caminhoneiro

Luiz Carlos da Cruz, conhecido como Seu Cebola, chega a ficar emocionado quando relembra os tempos antigos e diz ter muita gratidão por todos da família Sousa

por Ana Clara Brant 25/10/2015 09:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Apesar de não ser filho de sangue do mais famoso e premiado autor brasileiro de quadrinhos, Luiz Carlos da Cruz, mais conhecido como seu Cebola em Mogi das Cruzes (SP), onde mora, considera-se parte da família Sousa. Afinal, Cebolinha foi inspirado nesse simpático pintor de residências. Aliás, foi em Mogi que muitas figuras do universo da Turma da Mônica surgiram, já que era lá que moravam a poetisa Petronilha Araújo de Souza e o poeta, radialista, jornalista e barbeiro Antonio Mauricio de Souza, pais do desenhista.

Luiz diz que, na verdade, quem criou seu personagem foi o Mauricio pai. “A gente tinha uma turminha de amigos que vivia na barbearia dele, e ele sempre dava algum doce pra gente, fazia pipa. E também desenhava. Até que um dia criou esse personagem e me deu o apelido de Cebolinha, porque eu era carequinha e tinha uns fiapos de cabelo que pareciam uma cebolinha”, recorda.

O homenageado revela que a molecada do bairro passou a zoá-lo depois disso, sobretudo, porque na história criada por seu Antônio Maurício, seu personagem, além de trocar o “r” pelo “l” quando fala – mania que o acompanha até hoje, quando está nervoso –, apanhava de uma menina, no caso, a Mônica, com suas famosas “coelhadas”. “Isso nunca aconteceu, até porque a Mônica é mais nova do que eu e não convivíamos muito. Eu já apanhei só de brincadeira da minha mulher”, jura.

Seu Cebola chega a ficar emocionado quando relembra aqueles tempos e tem muita gratidão por todos da família Sousa. Nas creches de Mogi das Cruzes, onde desenvolve trabalhos comunitários, a criançada fica maluca quando o Cebolinha dá as caras por lá. “E o Maurício sempre me ajuda, manda revistinhas, brinquedos. Ele tem um carinho especial pela gente e por todos de Mogi.”
Carolina Paes/Sesc
''Maurício sempre me ajuda, manda revistinhas, brinquedos. Ele tem um carinho especial pela gente e por todos de Mogi'', diz homem que inspirou primeiro personagem da Turma da Mônica (foto: Carolina Paes/Sesc)
O inspirador do personagem tem pouco contato com um dos seus grandes amigos daquela época, Jair dos Santos, que por sua vez inspirou o Cascão. Caminhoneiro, Santos passa boa parte do ano cruzando as estradas do país. “E ele é mais acanhado do que eu. Não é chegado a entrevista, assim como não era chegado em água no passado (risos). Na verdade, a fama ficou porque, quando o Jair era garoto, sua mãe só dava banho nele nos fins de semana, e aí ele ficava com aquelas cascas de sujeira”, acrescenta.

A festa já começou Desde o começo do ano, várias ações foram programadas para celebrar os 80 anos do pai da Turma da Mônica. Um dos destaques é o site especial turmadamonica.uol.com.br/mauricio80, criado pela Mauricio de Sousa Produções, em que os fãs podem enviar suas homenagens para o mais novo oitentão. São quatro maneiras diferentes de interagir: vídeo, foto, texto ou participando do Desafio Mauricio 80., em que o internauta sorteia um dos 250 personagens, desenha-o em até 8 minutos e compartilha na página.

Vários lançamentos estão comemorando a data.: uma linha exclusiva assinada pelo próprio desenhista com produtos de papelaria e decoração, coleções de DVDs em edições comemorativas, linhas de acessórios escolares e livros e edições exclusivas das principais publicações de Mauricio de Sousa. Sem falar numa coletânea com suas primeiras tirinhas, publicadas nas revistas Bidu e Zaz traz em 1960 e uma compilação dos três primeiros livros ilustrados assinados por ele em 1965.

A turminha ganhou também um avião personalizado da Avianca. Até o segundo semestre de 2016, a companhia colocará no ar diversas ações a bordo e nos canais digitais oficiais. Em São Paulo, a agenda de aniversário inclui a volta do Parque da Mônica, fechado há cinco anos e agora reaberto em novo endereço (Shopping SP Market, na Zona Sul) e a inauguração da Chácara Turma da Mônica – Restaurante & Loja.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS