Produção brasileira sobre padre excomungado concorre a prêmio nos EUA

Documentário conta a história de Padre Beto, líder religioso brasileiro banido da Igreja Católica por ideias humanistas

02/07/2015 18:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Padre Beto/Facebook/Divulgação
(foto: Padre Beto/Facebook/Divulgação)
O documentário brasileiro 'O excomungado', do diretor paranaense Alex Ferreira, é finalista do prêmio oferecido pela Associação de Escritores em Religião, dos Estados Unidos, em sua 66ª edição. O vencedor será anunciado no dia 29 de agosto.

A produção de Ferreira conta a história de Padre Beto, líder religioso do interior de São Paulo, excomungado da Igreja Católica em 2013 pelas suas ideias humanistas. O caso ganhou repercussão internacional por ser a primeira excomunhão da Igreja por ideias humanistas desde 1600, quando Giordano Bruno foi expulso e condenado à morte pelo papa Clemente VIII.

Padre Beto ficou famoso por suas publicações na internet onde pregava ideias contrárias às do Vaticano, tais como o uso de preservativos, a reflexão de dogmas católicos e a mais polêmica, a união entre pessoas do mesmo sexo. Após a excomunhão, Padre Beto fundou a igreja Humanidade Livre, em Bauru, inteiror de SP, onde prega suas ideias. O religioso também celebra uniões homoafetivas pelo Brasil.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS