Coletivo de Negras Autoras apresenta peça no Espanca!

Espetáculo cênico e musical tem o universo da negritude e da feminilidade como foco

por Carolina Braga 12/06/2015 09:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Paulo César/divulgação
Elisa de Sena, Julia Dias, Nath Rodrigues, Manu Ranill e Eneida Baraúna, do coletivo NEGR.A (foto: Paulo César/divulgação)
Com Nath Rodrigues, Eneida Baraúna, Elisa de Sena, Manu Ranilla e Julia Dias, integrantes do Coletivo de Negras Autoras, 'NEGR.A' é um espetáculo cênico musical que trata da negritude e do universo feminino. A montagem é a atração do fim de semana do projeto Arte no Centro, promovido pelo Teatro Espanca!


Com dramaturgia que mistura músicas, poesias e textos – todos de autoria das intérpretes –, a montagem se pauta nas relações entre palavra, corpo e sonoridade. Parceiro em outros programas, o quinteto conversava, há tempos, sobre a possibilidade de fazer algo mais autoral. A peça foi concebida com base nos relatos pessoais das cinco.

'NEGR.A' tem a música como ponto forte. Na “costura” das canções e mesmo nas letras, há a busca da identidade e da ancestralidade. “Os relatos dizem sobre uma mulher negra e jovem que vive nesta cidade, em BH. A autoria é nossa, mas fala de um universo”, acrescenta Elisa de Sena.

Segundo ela, o espetáculo poderia se esgotar no formato de show. Mas o quinteto quis investir na encenação – com ela, vêm muitos simbolismos. Elementos como fogo, terra, água e ar são representados. Tambores e outros instrumentos de percussão formam o cenário. “É algo simples, mas forte pra gente”, resume Elisa.

NEGR.A
Desta sexta até domingo, às 20h. Teatro Espanca!, Rua Aarão Reis, 542, Centro. R$ 5. Informações: (31) 3657-7348.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS