Musical em cartaz em BH narra a vida de Chico Xavier

'Chico Xavier - No céu da vibração' estreia nesta quarta-feira no Cine Theatro Brasil

por Carolina Braga 27/05/2015 09:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação)
Personalidade brasileira e referência para os adeptos do espiritismo, o médium Chico Xavier (1910-2002) é tema do musical que estreia nesta quarta-feira no Cine Theatro Brasil, em Belo Horizonte. 'Chico Xavier – No céu da vibração' é uma produção mineira com 18 atores no elenco, direção-geral de Daniel Kostás e direção de cena de Dilson Mayron. “Ele é um dos maiores humanistas brasileiros, e o legado que deixou é imenso. Tem sempre que ser mostrado para o povo”, afirma Mayron.


O espetáculo será a primeira ação do Circuito BroadUai, que pretende incentivar a produção de musicais em Minas. A dramaturgia foi inspirada na biografia 'Chico Xavier – Meus pecados no espelho', escrita por Marlene Nobre, avó de Kostás.

“Ela conviveu com ele durante 44 anos. É uma biografia que compartilha coisas bastante pessoais. As dificuldades, as dúvidas e os questionamentos que Chico fazia”, afirma o diretor-geral. Kostás afirma ter escolhido esta como a obra-guia pela quantidade de informações pessoais nela contidas. Os conflitos pessoais ganham mais destaque do que a atuação religiosa.

Segundo ele, a história da vida do médium é narrada no musical de forma linear, tendo elementos mineiros como pano de fundo. A trama se desenvolve a partir de uma estação de trem. “A vida de Chico sempre foi uma eterna passagem”, diz. A trilha do espetáculo tem 36 canções, entre elas músicas conhecidas nas vozes de Roberto Carlos, Fábio Jr., Vanusa, Tonico e Tinoco, Gilberto Gil, entre outros.

Como Daniel Kostás conta, o repertório – executado por uma orquestra com 11 integrantes – foi selecionado antes do texto e tem como objetivo auxiliar a narrativa. Todas as composições foram feitas em homenagem ao mineiro de Pedro Leopoldo. Chico Xavier é interpretado por três atores. Na idade adulta, é papel de Marco Ortiz, ator paulistano selecionado em audição feita com 1.500 participantes.

“É um elenco bem diversificado e bastante ágil. Eles têm um entendimento grande do que foi a vida de Chico Xavier”, afirma Dilson Mayron. Para ele, como a história de Chico Xavier é muito interessante, a identificação do público é imediata. O espetáculo conta com promoção cultural do Estado de Minas.

Chico Xavier – No céu da vibração
Desta quarta-feira até sábado, às 20h, e domingo, às 19h. No Cine Theatro Brasil. Rua dos Carijós, 258, Centro, (31) 2526-7963. R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS