Fenômeno de vendas de livros de colorir para adultos supera expectativa de editoras

Lançamentos tratam de meditação a sexo. Selo espanhol exporta livros de avião, para não perder tempo

por Carolina Braga 03/05/2015 10:28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Ellen Cristie/EM/D.A Press
(foto: Ellen Cristie/EM/D.A Press )

Experimente traçar uma rota entre livrarias na Savassi, bater de porta em porta, à procura dos já cultuados livros para colorir Jardim secreto e Floresta encantada, de Johanna Basford. Parada 1, Livraria Leitura: “Volte na semana que vem, porque aqui já acabou”, diz o apressado vendedor. Parada 2, Scriptum: “Chega mais para mim na semana que vem, mas temos os outros”, sugere o balconista. Parada 3, Quixote: “Acabou tudo, virou um fenômeno”, afirma o livreiro Alencar Perdigão.

Naquela região, a missão só é bem-sucedida na Livraria do Ouvidor, que não vendia lápis de cor e passou a trabalhar com o produto para atender à demanda da febre. A experiência revela um fato: o sumiço dos “originais” das prateleiras acabou favorecendo os “genéricos”, ou seja, publicações parecidas que foram no embalo.

Na próxima semana, a editora Alaúde coloca nas livrarias Mil e uma noites, uma homenagem à diversidade das culturas árabe, mourisca, persa e indiana. São desta mesma editora Fantasia celta (Michel Solliec) e Jardim encantado (Sophie Leblanc) respectivamente o 5º e o 6º livros mais vendidos na semana, de acordo com a PublishNews.

“É um fenômeno mundial. Vendemos assim também no México, Espanha, Argentina, Colômbia e Portugal”, conta Álvaro Díez, editor da Ilus Books, de Madri, responsável pela publicação da coleção Mandalas para Relaxar. Os primeiros livros, com traços de Sergio Guinot, saíram há cerca de um ano. “Sempre vendemos bastante as mandalas de Gaudí e Picasso, especialmente por causa dos museus espanhóis, mas os novos vendem até mais”, afirma.

Segundo Díez, os atuais pedidos do Brasil só superam os que vêm do México. “Mas isso pode mudar logo. É uma loucura. Estão esgotando assim que saem”, conta. A Ilus Books bateu a marca de 400 mil cópias da coleção vendidas na Espanha, Portugal e América Latina. “Para se ter uma ideia do volume, estamos despachando por avião, algo impensável para os livros, por causa do peso.”

“É engraçado como essas tendências vêm e ninguém sabe de onde. Não sei explicar”, afirma a editora Raissa Castro, da editora BestSeller. Foi por pouco que ela não saiu na frente. Em outubro do ano passado, quando esse tipo de obra ainda não tinha tanto destaque, ela participou de uma feira na Europa e avaliou a possibilidade de trazer títulos para o Brasil.

“Pareceu-me uma coisa muito diferente e eu também estava precisando fazer algo para desestressar”, pensou, antes de comprar os direitos de Mindfulness – O livro de colorir, de Emma Farrows. Mas como o livro com os desenhos era acompanhado de outra obra, explicando a prática de mindfulness (atenção plena), que necessitava tradução, o lançamento foi adiado para o início de março. “Nesse meio tempo, chegou O Jardim Secreto (Sextante). Imaginei que inauguraria o mercado de livros de colorir para adultos no Brasil”, confessa.

REBOQUE Raissa não puxou a fila, mas comemora o reboque. A grande aposta da BestSeller para o dia das mães é Mãe, te amo com todas as cores, de Christina Rose. Além dele, há outros dois títulos recentemente adquiridos na Feira de Londres: Creative colouring for grown-ups e The gorgeous colouring book for grown ups. O investimento no segmento não para. “Hoje (segunda passada) enviei uma proposta para dois outros bem diferentes”, diz ela.

Segundo dados da Editora Alaúde, a média de tiragem de um livro no Brasil é de três mil exemplares. A aposta feita pela empresa fez com que Jardim encantado tivesse a primeira tiragem com dez mil exemplares. A procura surpreendeu: entre março e abril, a editora já chegou a 225 mil exemplares impressos.

A expectativa inicial da Sextante com as obras de Johanna Basford era atingir 100 mil exemplares vendidos. O Jardim Secreto foi lançado em dezembro e até agora vendeu cerca de 300 mil exemplares, caminhando para a 12ª reimpressão. Floresta encantada vendeu 220 mil e está indo para sua terceira reimpressão.

MAIS VENDIDOS

1) Floresta encantada
(Johanna Basford, Ed. Sextante)
2) Jardim secreto
(Johanna Basford, Ed. Sextante)
5) Fantasia celta
(Michel Solliec, Ed. Alaúde)
6) Jardim encantado
(Sophie Leblanc, Ed. Alaúde)

Semana de 13/04/15 a 19/04/15

Ranking publishnews

IMPRÓPRIO PARA MENORES

Pensa em investir em outros títulos desse segmento? “Penso, mas é segredo”, brinca a editora Bebel Abreu. Em dezembro do ano passado, tudo que ela queria fazer era um livro com nome e conceitos divertidos. Assim nasceu o Suruba para colorir (Bebel Books). São dois volumes, com desenhos picantes de 35 artistas, entre eles, Laerte, Kiko Dinucci, Renata Miwa, Adão Iturrusgarai. Em resumo: ação entre amigos.

“Como ele tem só uma cor, não seria caro, então era mesmo arregaçar as mangas e trabalhar: convidar, receber e tratar os desenhos, cobrar os atrasados, diagramar, divulgar e lançar!”, conta. A repercussão é que fugiu ao controle. Suruba para colorir começou a ser vendido em fevereiro em livrarias menores em São Paulo e no Rio de Janeiro, além do próprio site da editora.

Até então, as tiragens da Bebel Books giravam em torno de 60 a 100 unidades. A idealizadora, porém, resolveu arriscar e mandou fazer 1,8 mil exemplares. “Esperava que esgotasse em um ano, mas isso aconteceu em menos de dois meses. Já estamos na segunda tiragem, que vai sair em português e em inglês, desta vez com 3,6 mil. Isso porque vamos lançar em Amsterdã e atender às encomendas de países como Alemanha, Portugal e Inglaterra”, anuncia.

Bebel supõe que até mesmo um possível esgotamento da fórmula inicial dos livros de colorir possa favorecê-la. “Agora, com essa moda de livros de colorir para adultos, quem se cansa de jardins e borboletas acha engraçado ter sexo para colorir. No caso, esse é o único livro de colorir para adultos não recomendado para menores aqui no Brasil (que eu conheça)”, diverte-se.


MANIA MULTICOLORIDA
Acompanhe a onda de livros para colorir


Jardim Secreto
>> de Johanna Basford
>> Editora Sextante
>> 96 páginas

Floresta Encantada
>> de Johanna Basford
>> Editora Sextante
>> 84 páginas

Embarcaram na onda
Jardim Encantado

Livro de colorir antiestresse
>> de Sophie Leblanc
>> Editora Alaude
>> 128 páginas

Fantasia celta
>> de Michel Solliec
>> Editora Alaúde
>> 128 páginas

Suruba para colorir
>> Editora Bebel Books
>> 38 páginas

Mãe, te amo com todas as cores
>> de Christina Rose
>> Editora Record
>> 104 páginas

Mindfulness o livro de colorir
>> de Emma Farrows
>> Editora Best Seller
>> 272 páginas

Mandalas para relaxar
>> Editora Ilusbooks
>> 120 páginas

Arte-Terapia antiestresse – Jardins – 100 imagens
para colorir

>> de Ana Bjezancevic
>> Editorial Presença

Desenhos de Andy Warhol
>> Editora Dba
>> 35 páginas

Mandalas Mágicas
>> de Nina Corbi
>> Editora Vergara & Riba
>> 30 páginas

Um montão de coisas
para achar e colorir

>> de Fiona Watt
>> Editora Usborne-Nobel
>> 96 páginas

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS