Conheça frases marcantes do escritor e jornalista Eduardo Galeano

O autor é um ícone do pensamento de esquerda na América Latina

por Correio Braziliense 14/04/2015 09:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
CRÉDITOPABLO PORCIUNCULA / AFP FILES / AFP
Escritor foi agraciado no Prêmio Casa das Américas por sua magnum opus 'As Veias Abertas da América Latina' (foto: CRÉDITOPABLO PORCIUNCULA / AFP FILES / AFP)
Ícone da esquerda latina nos anos 1970, Eduardo Galeano, que morreu nesta segunda-feira, é sempre uma citação constante quando o assunto é política e futebol.

Selecionamos algumas frases marcantes do escritos e jornalista:


  • "Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos."

 

  • "Na luta do bem contra o mal, é sempre o povo que morre"

 

  • "Quando as palavras não são tão dignas quanto o silêncio, é melhor calar e esperar."

 

  • "A primeira condição para modificar a realidade consiste em conhece-la."

 

  • "Somos porque ganhamos. Se perdemos, deixamos de ser."

 

  • "A memória guardará o que valer a pena. A memória sabe de mim mais que eu; e ela não perde o que merece ser salvo."

 

  • "Não passo de um mendigo do futebol, ando pelo mundo de chapéu na mão, e nos estádios suplico: - Uma linda jogada pelo amor de Deus! E quando acontece o bom futebol, agradeço o milagre - sem me importar com o clube ou o país que o oferece."

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS