Gabriela Duarte apresenta 'Cenas de um casamento', de Ingmar Bergman

Peça em cartaz na capital paranaense é encarada pela atriz como a reafirmação de seu interesse pelos palcos, que elegeu como novo foco de sua carreira

por Carolina Braga 01/04/2015 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Annelize Tozetto/DIVULGAÇÃO
Gabriela Duarte em cena de 'Através de um espelho', no Festival de Curitiba. Atriz protagoniza e produz a peça, dirigida por Ulysses Cruz (foto: Annelize Tozetto/DIVULGAÇÃO )
Curitiba
– “Ele pegou 'Cenas de um casamento' e fez uma comédia. Estou desesperada para ver, mas não tive tempo de pegar um avião e ir”, conta a atriz Gabriela Duarte, entre um café e outro, em uma manhã chuvosa em Curitiba. A ânsia para ver a tal versão diferente do clássico cinematográfico de Ingmar Bergman tem duas razões, que não necessariamente se relacionam. Uma é que a peça – em cartaz na Argentina – é protagonizada por Ricardo Darin. Outra é que há pelo menos dois anos o dramaturgo, diretor e cineasta sueco entrou no foco dela.


Gabriela Duarte apresentou no Festival de Teatro de Curitiba 'Através de um espelho', adaptação do longa-metragem homônimo. Ela não apenas protagoniza a peça, como também é a produtora da montagem. Depois de assistir à versão em cartaz nos Estados Unidos, a atriz foi atrás da compra dos direitos e decidiu que era a hora de colocar algo de Ingmar Bergman (1918-2007) em seu currículo. “Bergman sempre foi uma espécie de mito desconhecido para mim. Vem envolto em muita coisa importante”, afirma.


Uma delas é a opção por se dedicar mais aos palcos. Escolha que vem acompanhada de questionamentos e até incompreensões alheias. “Sinto que as pessoas ficam um pouco decepcionadas quando falo que não tenho planos para a TV”, diz, acrescentando que não há qualquer crise sua em relação à telinha. “Não estou fechando nenhuma porta. Adoro tudo que fiz na TV até hoje. Tenho muito orgulho, mas é o teatro que está me preenchendo e me colocando em um lugar que me interessa.”

EXPECTATIVAS Na véspera de completar 41 anos, Gabriela reconhece que passou um período à mercê da vida. “É assim, você vai indo, indo e de repente pensa: pera aí, tem uma coisa mais interessante aqui. E a vida é o quê? Fazer o que as pessoas esperam? Para mim não é”, afirma. Suas últimas participações na TV foram em um capítulo de 'Amor à vida' (2013), de Walcir Carrasco, e no seriado 'Amor Veríssimo' (2014), exibido pelo canal a cabo GNT.


A atriz diz que, para ela, o teatro é o lugar do risco e do aprendizado constante. “Ainda tenho um percurso enorme para fazer, para aprender, e o teatro abre infinitas possibilidades”, diz. O encontro com a dramaturgia de Bergman representa isso. 'Através de um espelho' tem direção de Ulysses Cruz e assistência do mineiro Leonardo Bertholini.


“Toda a parte (de preparação) física é do Leo. Esse trabalho me abriu possibilidades físicas que eu não sabia que tinha”, conta. Na peça, Gabriela intepreta Karin, que retorna à casa dos pais depois de uma temporada em um hospital psiquiátrico. Será o pivô de um acerto de contas familiar. Também estão no elenco Joca Andreazza, Marcos Suchara e Lucas Lentini. Gabriela teve como produtor associado Giuliano Ricca, irmão do ator Marco Ricca, desaparecido desde outubro do ano passado.

ESTREIAS A Mostra Oficial do Festival de Teatro de Curitiba, que segue até o próximo domingo, tem hoje duas estreias: 'Dias de luta, dias de Glória – Charlie Brown Jr, o Musical' e a montagem cearense 'Diga que você está de acordo!', baseado no Material Fatzer, de Bertolt Brecht.

A repórter viajou a convite do Festival de Teatro de Curitiba

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS