Exposição sobre a obra de Paulo Werneck é prorrogada até abril

Mostra está em cartaz no Museu de Arte da Pampulha (MAP)

por Fernanda Machado 10/03/2015 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
MAP/divulgação
(foto: MAP/divulgação )
Foi prorrogada até abril a exposição sobre a obra de Paulo Werneck (1907-1987), em cartaz no Museu de Arte da Pampulha (MAP). Ele é autor dos painéis da Igreja de São Francisco de Assis, obra-prima de Niemeyer que se transformou em cartão-postal de Belo Horizonte.

Nome importante do modernismo, o carioca Werneck foi pintor, desenhista e ilustrador. É considerado o introdutor da técnica do mosaico no país e colaborou intensamente com Oscar Niemeyer.

Além do conjunto da Pampulha, Werneck trabalhou com o arquiteto no projeto do Colégio Cataguases, na cidade da Zona da Mata mineira. Claudia Saldanha assina a curadoria da mostra, em cartaz na capital mineira.

PAULO WERNECK, MURALISTA BRASILEIRO
Museu de Arte da Pampulha. Av. Otacílio Negrão de Lima, 16.585, Pampulha. De terça-feira a domingo, das 9h às 18h30. Até 26 de abril. Informações: (31) 3277-7946

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS