Carlos Calsavara abre a mostra 'Memória líquida', na Galeria de Arte da Copasa

Recordações de infância e o imaginário das cidades históricas ajudaram a moldar os trabalhos feitos com cerâmica e materiais alternativos

por Fernanda Machado 05/03/2015 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Copasa/divulgação
(foto: Copasa/divulgação)
O barroco influenciou as esculturas que Carlos Calsavara apresenta, a partir desta quinta-feira, na Galeria de Arte da Copasa. Inspirado nos adornos de igrejas mineiras dos séculos 17 e 18, o artista criou as 25 peças da mostra 'Memória líquida'. Recordações de infância, brincadeiras com a água e o imaginário das cidades históricas ajudaram a moldar os trabalhos feitos com cerâmica e materiais alternativos.

A mostra será aberta às 19h. A galeria fica na Rua Mar de Espanha, 525, Bairro Santo Antônio. As esculturas podem ser conferidas diariamente, das 8h às 19h. Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS