Espetáculos teatrais esperam casa cheia durante o carnaval

Atrizes e atores aguardam público que quer fugir da festa de rua

por Fernanda Machado 13/02/2015 09:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Matheus Matta/divulgação
'Colados, uma comédia musical diferente' está no Teatro Sesiminas (foto: Matheus Matta/divulgação)
Por mais que o carnaval em Belo Horizonte tenha deixado de ser aquela pasmaceira e não faltem atrações, quem está em cartaz com espetáculos teatrais durante a campanha de popularização anda confiante. Como a oferta diminuirá durante os dias de folia, será a oportunidade de casa cheia principalmente se o público avesso aos bloquinhos escolher o teatro como opção de entretenimento no feriado.

“A gente está esperando, inclusive, sessão extra”, diz a atriz Suellen Ogando. Ela está no elenco de 'Colados, uma comédia musical diferente', em cartaz no Teatro Sesiminas. O espetáculo é uma franquia de sucesso de um texto espanhol, montado pela primeira vez em Belo Horizonte.

Em cartaz em duas peças diferentes, uma seguida da outra, o ator Rafael Mazzi é outro que faz parte do grupo dos otimistas. Está no elenco de 'O marido da minha mulher' e também em Arrasô, ambos no Auditório do Monte Calvário. “Sei que o carnaval melhorou muito em BH, tem muitos blocos, mas há gente que não quer confusão e vai ao teatro”, acredita.

“Acho que tem muita gente igual a mim e o teatro é uma boa alternativa”, diz Renato Millani. Ele apresenta durante o fim de semana 'A comédia do fim do mundo'. “Estou falando de um fim do mundo que já está aí. É uma crítica a tudo o que está acontecendo”, detalha.

“Sempre fizemos carnaval e nunca foi uma decepção. Foi bem satisfatório”, conta o produtor Anderson Matos. Responsável pelos bastidores de 'Como salvar seu casamento' e 'Vida de busão', não é mole não, ele espera repetir o feito de Meu tio, é tia de outros carnavais. “A gente nunca pensa que vai ter casa lotada, mas nunca foi decepcionante”, diz.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS