Elton Lúcio expõe pintura espiritual na Carminha Macedo Galeria de Arte

Artista questiona o consumismo do mundo contemporâneo por meio de cenas abstratas

por e Walter Sebastião 16/12/2014 09:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Elton Lúcio/acervo
(foto: Elton Lúcio/acervo)
A mostra 'Estranho cinema', em cartaz na Carminha Macedo Galeria de Arte, reúne 15 pinturas realizadas este ano pelo artista plástico Elton Lúcio. Pequenas figuras distraídas são vistas parcialmente no ambiente ou observam algo fora da cena. “O que faço é tentar levar ao espectador perguntas sobre o mundo em que ele vive”, explica Elton. Desde 2004, ele participa de salões e apresenta mostras individuais no circuito institucional de Belo Horizonte.

“Minha pintura é espiritual”, define o artista, referindo-se a obras que se inspiram no que está além do físico. “Nossa vida interior, às vezes, fica perdida neste mundo consumista que oferece coisas destrutivas como se fossem a melhor coisa.Vivi situações assim”, observa.

Para representar esse contexto, o artista confronta personagens em representação realista com cenas que trazem motivos abstratos. Segundo ele, o propósito é evidenciar “as ilusões que formam o entorno da vida contemporânea”.

A pintura de Elton valoriza representação alegórica fruto da admiração pela obra do pintor romântico Caspar David Friedrich (1774-1840). Se o alemão coloca seus personagens diante da natureza e de paisagens grandiosas, o mineiro os situa em ambientes fechados.

Outro aspecto importante na obra de Elton é a atenção com as matérias pictóricas, a composição e a cor, vindas de estudos sobre Van Gogh.

TEATRO

Em 2000, Elton Lúcio se formou em teatro pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Como ator, fez estágio no Centro de Pesquisas Teatrais (SP), de Antunes Filho, passou pelo projeto Cenas curtas, do Galpão, e fez pontas em filme de Helvécio Ratton. Vem daí a presença de cenários em suas pinturas.

Em 2004, ele concluiu o cursou de arte-educação na Escola Guignard da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg). “Cheguei à Guignard com um tubo de tinta azul, pedi um pouquinho de branco emprestado e fiz minha primeira pintura”, conta ele. “Ela mexeu comigo, fez aflorar algo guardado dentro de mim”. O esforço e o foco movem sua dedicação aos pincéis.

“Não consigo me ver fechado num escritório. Dei aulas por oito anos. Foi bom, mas precisava sair. Mesmo sendo difícil viver de arte no Brasil, é o que quero”, conclui. Elton Lúcio tem 43 anos, nasceu e mora em Belo Horizonte. Atualmente, ele trabalha em projeto social do Centro Mineiro de Referência em Resíduos, na capital mineira.

'ESTRANHO CINEMA'
Pinturas de Elton Lúcio. Carminha Macedo Galeria de Arte, Rua Antônio Cavanis, 420, Pampulha, (31) 3226-3712. Até sexta-feira, das 10h às 18h; sábado (último dia), das 10h às 14h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS