Livro mostra a importância do ouro extraído em Minas para o Brasil e a Europa

Obra será lançada nesta quinta em BH

por Estado de Minas 27/11/2014 10:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Beto Novaes/EM/D.A Press
O ouro se incorporou a joias da arquitetura, como a Igreja de Santa Efigênia, em Ouro Preto (foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)
Em 2005, o Estado de Minas publicou série especial sobre o destino da riqueza extraída de Minas Gerais durante o Ciclo do Ouro. Boa parte do material fruto das reportagens e uma pesquisa recente sobre a importância do metal para as economias de Minas, do Brasil e da Europa no período colonial estão reunidos em livro que será lançado hoje em BH.

'Ouro de Minas – 300 anos de história' foi produzido pela Lucca Comunicação e Cultura, editado pela Empresa das Artes e patrocinado pela Anglogold Ashanti e Ministério da Cultura. O livro mostra que, no século 18, o ouro brasileiro financiou a arquitetura portuguesa. Graças a ele foram erguidos os palácios de Mafra, com 880 salas e 45 mil portas e janelas, e o de Queluz, com 16 magníficos salões. Em Londres, foram localizadas moedas cunhadas em Ouro Preto em 1726, vestígios da riqueza que ajudou a financiar a revolução industrial.

Durante o Ciclo do Ouro, cerca de 1 mil toneladas do metal foi extraída de Minas. Parte foi transformada em joias, moedas, barras e obras sacras, hoje guardadas em museus, igrejas e cofres portugueses.

Com coordenação geral de Silvana Terenzi Neuenschwander, fotografias de Alex Salim e textos de Júnia Carvalho, o livro explica os destinos do ouro pelo mundo, detalhando as trilhas que ele percorreu carregado por escravos, mulas e carros de boi das montanhas para o além-mar. Os autores convidam o leitor a redescobrir esses caminhos e a mergulhar nesse período histórico tão importante para a formação da cultura brasileira.

O livro chama a atenção para a complexa relação senhores-escravos no Sudeste e, especialmente, em Minas Gerais. Destaca também o papel fundamental do ouro na urbanização brasileira. A busca do valioso metal impulsionou a criação das primeiras vilas mineiras – Ouro Preto, Mariana, Sabará e São João del-Rei – e despertou vocações na indústria, tanto na siderurgia quanto na tecelagem, por exemplo.

O Ciclo do Ouro também estimulou a música e a arquitetura coloniais em Minas, marcos da cultura brasileira. Com texto acessível aos jovens, o livro estimula novas e futuras gerações a conhecer a história do país.

'OURO DE MINAS: 300 ANOS DE HISTÓRIA'
Lançamento hoje, às 19h. Livraria do Palácio das Artes, Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro. Preço: R$ 70.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS