Revista Zum faz matéria sobre pioneiro da fotografia Assis Horta, de 96 anos

Obra do diamantinense é tema na publicação especializada, que será lançada nesta segunda-feira

por Walter Sebastião 24/11/2014 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press
O nonagenário fotógrafo Assis Horta tem sua obra celebrada em publicação que será lançada hoje (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press)
Um pioneiro da fotografia em Minas Gerais, Assis Horta, de 96 anos, ganha reverência de importante publicação do setor: a Revista Zum, do Instituto Moreira Salles (IMS). A obra do diamantinense é tema de caprichada matéria no número 7 da revista, que vai ser lançado hoje, às 19h30, no Multiespaço Oi Futuro. O evento, programação do projeto Foto em pauta, reúne, para conversa com o público, Guilherme Horta, autor da pesquisa sobre a obra do fotógrafo, e Thyago Nogueira, editor da Zum.

 

Entre 1940 e 1970, Assis Horta fotografou centenas de trabalhadores em Diamantina, imagens destinadas a carteiras de trabalho, exigência da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Há seis anos, o acervo foi pesquisado pela historiadora Lilian Oliveira e ganhou exposição em Diamantina, com curadoria do fotógrafo Eustáquio Neves. Mais recentemente, o também fotógrafo Guilherme Horta avançou na pesquisa, mostrando como, após a exigência das fotos funcionais, aos poucos, a população começou a frequentar os estúdios.


“É com muita emoção que publicamos o trabalho de Assis Horta. Chegou a hora de prestar homenagem a um fotógrafo que conta a história do Brasil, e que merece fazer parte do nosso panteão de grandes profissionais na área”, afirma Thyago Nogueira. “Editar trabalhos assim traz a sensação de que estamos tocando a ponta de uma montanha ainda pouco conhecida, o universo da fotografia no Brasil”, acrescenta, observando que ainda deve haver no país mais fotógrafos a serem descobertos, pesquisados e ter sua obra divulgada.

Reflexões A Zum é publicação semestral, foi criada em 2010 e vem se dedicando a trabalho que articula edição de fotos, reflexões sobre o tema e publicação de textos históricos sobre a prática. O número 7 traz, entre outras matérias, resultados do projeto Offside, colaboração de brasileiros com integrantes da agência Magnum, realizado paralelamente à Copa do Mundo. Neste número, ainda, texto do filósofo português Vilém Flusser (1920-1991), escrito em 1985, antes do surgimento da foto digital e das redes sociais, no qual ele antevê a invenção de novo tipo de fotografia.


A revista construiu, ao longo de três anos, patamar significativo no que se refere ao registro e discussão das práticas e usos da fotografia. O que, observa o editor, não dá direito à acomodação. “Sinto que só agora estamos ganhando maturidade editorial, entendendo melhor como trabalhar com o universo da fotografia, que é amplo”, argumenta, lembrando que, além das questões de conteúdo, o assunto coloca temas editoriais, gráficos e técnicos. “Nossa proposta é nos renovar a cada número”, avisa.

Revista Zum
Lançamento da publicação e debate com o editor Thyago Nogueira

Hoje, às 19h30

Multiespaço Oi Futuro, Avenida Afonso Pena, 4.001, Mangabeiras

Entrada franca

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS