Artista ''veste'' personagens de obras clássicas com roupas e acessórios modernos

Intitulado 'Copylab', projeto de Chris Rellas surgiu durante as horas entediantes de uma aula de matemática na escola

por Rebeca Oliveira 01/11/2014 18:28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
CopyLab / Reprodução
Obras de artistas como Frida Kahlo e Van Gogh ganharam intervenções de Chris Rellas (foto: CopyLab / Reprodução)

É comum artistas contemporâneos se inspirarem no que já foi feito por grandes nomes da arte, como Leonardo da Vinci, René Magritte, Sandro Botticelli e Frida Kahlo. O americano Chris Rellas tornou esta relação ainda mais próxima no projeto CopyLab, no qual, por meio de colagens digitais, faz uma interseção entre obras de arte consagradas e objetos modernos, extraídos das passarelas e do mundo da moda.



Chris tem apenas 19 anos, mas já chamou atenção de publicações como a revista Vogue americana. Em seu perfil no Instagram, acumula quase 18 mil seguidores. Ele mora em Washington e, ao Correio, disse que decidiu virar artista porque nunca foi bom em matemática ou em ciências, e então, resolveu juntar os dois assuntos preferidos, moda e arte, de uma forma divertida.

“Coisas como escrever e pintar eram as únicas que pareciam fáceis para mim na escola. Por isso, decidi criar algo que se parecesse com um trabalho”, conta o garoto. “Não sei se me considero um artista ou apenas um entusiasta no assunto”, explica Rellas.

Inspiração

Tendo como referência Yayoi Kusama e Damien Hirst; e nas criações fashion, as marcas Kenzo, Louis Vuitton e Vendi, Rellas já publicou 40 imagens com colagens usando, como pano de fundo, obras produzidas em diversos períodos, do Renascimento à arte contemporânea. “Estou no Photoshop 24 horas por dia. Sem ele não sou nada”, brinca Chris.

O estudante americano de história da arte disse que não vê a moda como uma forma de cultura inferior às artes plásticas. “Estilistas, definitivamente, são grandes artistas. Veja as obras de designers como Rodarte, e verá que tem muitas semelhanças intrínsecas à quadros de Caravaggio ou Vermeer”.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS